Escola de inglês comemora 20 anos

0
31

Com metodologia própria, a Cia. Cultural Idiomas, foi pioneira na região a se dedicar com êxito ao ensino do inglês para crianças a partir dos 3 anos. E apresenta novidades.

Ana Paula Adreozzi, diretora administrativa da escola, informa que seus pais foram os fundadores da escola de idiomas. “Naquele tempo, estudar inglês era importante, claro, mas não como agora. Afinal, ter fluência em outro idioma, principalmente o inglês, se tornou básico!” diz.

A escola começou em 1999 como uma franquia de uma grande rede de idiomas. Com a experiência que foram adquirindo os fundadores perceberam que havia uma demanda específica para os alunos, se desligaram da rede e passaram a oferecer os cursos com metodologia própria.

Ana Paula e Valéria, da Cia. Cultural (foto/Gerson Azevedo)
Ana Paula e Valéria, da Cia. Cultural (foto/Gerson Azevedo)
A chegada de Valéria Cristina Padial, a diretora pedagógica da Cia. Cultural também teve um reflexo positivo no sucesso que a escola de idiomas vem alcançando nestas duas décadas de atividade. “Utilizamos livros de editora especializada no ensino do inglês e com a nossa metologia de ensino, as crianças aprendem o idioma com facilidade, de forma natural”, explica Valéria, profissional com passagem nas principais escolas de idiomas.

Os alunos em sua maioria são moradores da região e “até da Vila Leopoldina”, diz Ana Paula. Todo o ambiente da escola é lúdico e colorido. São poucos de alunos por sala e eles são agrupados pelo nível de inglês que dominam. Segundo Valéria, “as crianças precisam vir à escola com prazer e se divertem ao mesmo tempo em que aprendem o inglês”.

“Nossos professores falam o tempo todo em inglês e se uma criança tem alguma dúvida no momento da aula, o coleguinha de classe pode, em português, ajudar o colega. Mas nunca o professor”, explica Valéria.

A escola utiliza várias ferramentas educacionais em benefício do aluno. Entre elas, salas com computadores, aulas de culinária, oficinas, jogos, teatralização, música, esportes, hortas, passeios e atividades que motivem os alunos a praticar o inglês de forma prática e natural no maior tempo possível. Para facilitar a vida dos pais, tem serviço de vans que buscam e levam as crianças, muitas delas vem diretamente das escolas da região, onde estudam.

Aulas de culinária em inglês (Divulgação)
Aulas de culinária em inglês (Divulgação)
A Cia. Cultural nesses anos todos também têm boas histórias. Vinicius Poliselli, chegou à escola aos dez anos e pelo interesse pelo inglês se formou e trabalha como tradutor. “Um bom começo é fundamental para que os caminhos se abram”, diz. Juliana Vianna aprendeu o idioma na escola, se aperfeiçoou e hoje é uma das professoras da escola.

A escola é credenciada pela Cambridge a aplicar exames de proficiência no inglês.

Em busca de inovação a Cia. Cultural está lançando o programa Playtime. É uma proposta de contraturno da escola tradicional, para que as crianças vivam o inglês com mais tempo de contato e contam com o apoio da equipe da escola. É uma oportunidade a mais para estimular a criatividade, através de atividades como “maker”, “drama” e “cooking”.

“É preciso ter sonhos na vida, e somente com coragem e persistência podemos alcançá-los”, finaliza Ana Paula com entusiasmo e otimismo. (GA)

Cia. Cultural Idiomas, Rua Caminha de Amorim, 183, Alto de Pinheiros, Telefones 3021-0424 e 95108-9936 (Whats), www.ciacultural.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA