Prevenir é a solução

0
674

Foto:

Dr. José J. Sartoretto

Muita gente treme de medo só de imaginar o motorzinho do dentista, mas assim como toda especialidade, ele tem um papel primordial na sua saúde. E você conhece o ditado “prevenir é melhor que remediar”? Pois ele vale para a odontologia também.
O Dr. José J. Sartoretto, cirurgião dentista, trouxe para o bairro um novo procedimento preventivo: um aparelho para check-up bucal digital. “Ele foi desenvolvido como todo check-up médico, para prevenir aquele tratamento normal que a gente faz. Muita gente tem na cabeça que eles devem ir ao dentista quando estiver doendo, se precisar clarear, se quebrou um dente e não para fazer um check-up. A gente não precisa ter um infarto para ir ao médico, todo ano fazemos um check-up. O mesmo vale para os dentes”, ele conta.
Com esse procedimento, ele consegue evitar os tratamentos invasivos, em que é preciso abrir muito o dente para arrumar, com o uso de anestesia e prejudicando o próprio dente. Para fazer esse check-up, são tiradas fotos com uma máquina intraoral que fotografa todos os dentes. Essa máquina aumenta em até 60 vezes o tamanho do dente. As imagens, depois de feitas, são digitalizadas e mostradas em uma tela para o paciente, para que ele próprio veja onde está o problema. “Inclusive ele pode levar as fotos para ir acompanhando, apesar de arquivarmos todas as fotos aqui. E ele pode ver a melhora”, diz.
Esse procedimento é indolor e com o aparelho é possível, por exemplo, visualizar uma mancha no dente que poderia se transformar em uma cárie em seis meses. Com isso, pode-se fazer o tratamento sem anestesia – já que não há dor – e nem é preciso usar o tão temido motor de alta rotação. “Você trabalha com o tratamento de ultrassom, que abre só onde tem a mancha e você já restaura. O dente não tem grandes avarias”. E não é só no caso de cáries. Outro exemplo são os problemas de gengivite em fase inicial, que seriam imperceptíveis a olho nu, e até mesmo um câncer de boca em fase bem inicial.
É indicado para todas as idades. Se houver um acompanhamento regular, de preferência a cada seis meses, a probabilidade de problemas bucais cai muito e, com isso, cai também o custo dos tratamentos odontológicos. “Você não sofre e não gasta. Quem faz prevenção não faz tratamento com dentista”, o dentista alerta. Além disso, seu sorriso irá durar por muito mais tempo.

Dr. José J. Sartoretto
Rua Aspicuelta, 361, Vila Madalena
Telefone 3032-8193
www.jjsartoretto.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA