20 anos de Tai Chi Pai Lin

0
1783

A Vila Madalena é palco de muitas escolas e associações com técnicas orientais relaxantes, que ajudam a enfrentar o stress e agitação do dia-a-dia. Entre elas, uma que se destaca é a Associação Tai Chi Pai Lin, que está comemorando 20 anos de sua fundação. Jerusha Chang, discípula, assistente e intérprete do Mestre Liu, é a responsável pela associação, juntamente com Lucio Leal.
Eles reúnem práticas milenares taoístas para a saúde, o movimento e a serenidade, transmitidas direta e oralmente pelo Mestre Liu Pai Lin, como o Tai Chi (a movimentação natural para a saúde), Tui Na (massagem chinesa para a vitalidade) e Tao In (meditação taoísta para a serenidade).
“A primeira vez que eu vi uma prática de Tai Chi, achei tocante e comecei a praticar com meu pai e meu irmão. Foi muito essa busca existencial, de um caminho de vida. Eu fui descobrindo o Tai Chi como uma filosofia de vida. Foi me respondendo questões filosóficas da nossa existência”, relembra Jerusha. “Com o Tai Chi, você vai descansar o corpo e a mente, equilibrar sua energia”, completa Lucio.
Essa prática está sendo muito difundida também em praças e outros espaços públicos, pois ajuda não só no equilíbrio físico, mas no equilíbrio mental também. “O Tai Chi é uma prática de equilíbrio. E acaba sendo uma prática muito terapêutica também”, diz ela.
As turmas de Tai Chi são muitas – nove no total – e acontecem de manhã, tarde e noite. Elas são contínuas, ou seja, o aluno pode entrar mesmo no meio do semestre. Caso você precise faltar em uma das aulas, pode repor essa aula em qualquer outro horário.
Além do Tai Chi, eles também oferecem curso de Tai Chi Chuan, Tao In (a meditação taoísta) e Tui Na (a massagem chinesa). Alguns são semestrais e outros anuais. Jerusha também faz avaliação da energia vital e massagem Tui Na.
Uma vez por mês, no primeiro sábado do mês, eles se reúnem para uma prática aberta de meditação. Ela costuma ocorrer no período da tarde. Para mais informações, entre em contato com a associação e saiba mais detalhes do próximo encontro.
“Tudo o que o mestre Liu Pai Lin ensinou aqui no Brasil, a gente continua aqui nesse espaço. Temos a parte da medicina de equilíbrio, o curso de treinamento de energia e o caminho mais espiritual. Cresceu muito a procura das pessoas em busca da serenidade, de paz interior”, Jerusha finaliza.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA