Durma bem e viva melhor

0
897

Foto:

Durma bem e viva melhor

Uma boa noite de sono é fundamental. Mas quantas pessoas podem afirmar que dormem bem? A privação do sono é considerada uma condição crônica e comum hoje em dia, e muita gente nem suspeita que sofra disso.
Edmilson da Cruz, psicólogo, professor de ioga e diretor da Fonte Clínica & Escola, usa a quiropraxia japonesa (seitai) para tratamento de coluna e promove atividades sobre a qualidade de vida, entre elas, a higienização do sono. “Hoje, dormimos e não descansamos. Isso está errado”, diz o psicólogo. Para ele, não é a quantidade de horas dormidas que descansa e sim a qualidade desse sono. Dormir melhor através de hábitos saudáveis é a chave para se obter a melhora na qualidade de vida. O indivíduo fica mais disposto para o estudo, o trabalho e para o dia a dia, com os pensamentos mais ordenados e tem a ansiedade diminuída.
“É preciso ter consciência de que o físico, o psicológico e o espiritual precisam estar em harmonia para se ter uma boa noite de sono”, ensina Edmilson. Ele diz que o ideal seria ir dormir por volta das 21h. “É nessa hora que o hormônio GH entra na corrente sanguínea e o sistema nervoso autônomo diminui a atividade”, explica.
O psicólogo sugere que uma boa noite de sono deve ser encarada como um evento no dia a dia, que resultará em melhor qualidade de vida. Ele lembra que antes de ir para a cama deve-se evitar comer muito e comidas de difícil digestão, beber álcool ou mesmo água em grande quantidade. “Faz você levantar e ir ao banheiro, atrapalhando o sono”. E evitar ficar preso à TV, como muita gente faz. 
“A vida contemporânea tão agitada nos torna inquietos e descontentes, colocando-nos em conflitos – internos e externos – e dificultando o ordenamento e a clareza dos pensamentos. Através do autoconhecimento e do autocontrole, há uma melhoria do sono, que passa a ser tranquilo e revigorante”, afirma. Sabe-se que noites maldormidas, além de mau humor e irritabilidade, pode causar sérios problemas de saúde e afeta o sistema imunológico, por exemplo.
Através de palestras que faz regularmente e cursos (o próximo acontece em fevereiro), ele ensina aos participantes a se conhecerem melhor e terem o controle e a organização necessária com conceitos e exercícios práticos para se ter uma boa noite de sono.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA