Aula de pilates com bola? Esquece!

0
228

Foto: Divulgação

Divulgação
Pilates, trabalho em forma global

A rede The Pilates, que mantém uma unidade na Vila Madalena, utiliza o autêntico método criado por Joseph Pilates, com exercícios que trabalham de forma global e integrada o corpo físico, mental e emocional sem o uso das famosas bolas gigantes.
O pilates vem se firmando no Brasil como uma metodologia eficaz principalmente na reabilitação de pessoas que sofrem com problemas de coluna. Mas na concepção de seu criador, o alemão Joseph Hubertus Pilates, que criou o método no início do século XX, sua função é bem mais ampla. “O pilates é uma poderosa ferramenta de condicionamento físico e mental, que melhora a capacidade vascular e cardiorrespiratória, fortalece a musculatura, aumenta a flexibilidade, a resistência e o controle motor, desacelera os processos degenerativos e de envelhecimento, mantém a mente alerta, além de melhorar a postura”, explica Emerson Furlanetto da Silva, sócio da unidade franqueada da The Pilates na Vila Madalena.

GVM - jan 2019 - Saúde e Bem Estar - The Pilates 1

Fundada em 1998 pela brasileira Inelia Garcia, a rede The Pilates soma hoje mais de 50 unidades em vários estados do País, além do Chile e Portugal. Mesmo soando como paradoxo, o diferencial da rede é seguir à risca os conceitos criados por Joseph Pilates. Nas aulas, a parte física, mental e emocional são trabalhadas de forma global e integrada. Os aparelhos utilizados são desenvolvidos seguindo à risca os protocolos do fundador – e, curiosamente, não são utilizadas as famosas bolas gigantes ‘ditas’ de Pilates. “Isso porque o método original não trabalha com bolas, apenas com aparelhos”. explica Silva.
As aulas na The Pilates trabalham, além da parte postural, o fortalecimento do abdomem, parte interna das coxas e glúteos, para estimular a maior mobilidade dos membros. “Nas tarefas do diárias, você pode ser um jovem de 15 anos, mas se a coluna dói e você não tem força abdominal não conseguirá realizá-las com facilidade”, ressalta Silva. Ele salienta que o pilates deve ser praticado não apenas quando recomendado pelo médico, mas por todos que se preocupam em melhorar a qualidade de vida. “A partir dos 10 anos de idade já é possível iniciar as aulas, que podem ser frequentadas por pessoas sedentárias ou que já praticam atividade física e até por quem está acima do peso ou sofre de stress, dores articulares  ou musculares”, diz o especialista. Até grávidas podem – e devem – praticar pilates. Os exercícios aliviam as dores na coluna e preparam o corpo para dar à luz, melhorando a energia e a vitalidade para que a mulher tenha disposição nessa nova fase da sua vida.

O ambiente, clean e aconchegante, convida o aluno a fazer aquele ‘detox’ físico e mental. A entrada do studio é um grande corredor ladeado por plantas, com teto em vidro encoberto por enormes quadrados de tecido branco. “A ideia é que o aluno já dê uma aliviada na tensão enquanto percorre o corredor de entrada”, ressalta Silva. Atrás da recepção, há uma espécie de sala de espera ou descanso, também envidraçada, com futons e mesa com chá e água.

GVM - jan 2019 - Saúde e Bem Estar - The Pilates 3

No andar de cima, há dois salões para a prática dos exercícios cuja iluminação e o lay-out foram pensados de forma a estimular o treino e, ao mesmo tempo, dar o máximo de conforto possível aos alunos. “As aulas são personalizadas, por isso os professores procuram atender, no máximo, dois ou três alunos no mesmo horário”, salienta o sócio. (Lúcia Oliveira)

The Pilates – Unidade Vila Madalena, Rua Jericó, 217, Telefone 3032-3790, www.pilates.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA