Fungo|no pé

0
625

Foto:

Fungo no pé

Verão é tempo de piscina, mar, calor e fungos! Saiba o que fazer para cuidar das micoses de verão e evitar sua recidiva.

As férias deixam ótimas lembranças, mas também podem deixar alguns problemas próprios dos meses quentes. A micose nos pés é um deles. De acordo com a Dra. Anelisa Baungartner Lamberti, médica dermatologista, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology, apesar das micoses ocorrerem durante todo o ano, elas são mais frequentes no verão porque os fungos conseguem se desenvolver mais em temperaturas quentes e úmidas. “Essas afecções podem atingir qualquer parte do corpo, inclusive o couro cabeludo e as unhas, entretanto, são mais frequentes em áreas mais abafadas, como pés e dobras, sob as mamas e abdômen, em caso de obesidade”, explica.
A cura de qualquer micose pode ser obtida com uso de medicações de uso local ou ainda via oral, sempre com orientação médica. “Além do tratamento clínico, é preciso observar alguns cuidados, como secar bem as áreas afetadas para facilitar a recuperação e evitar as recidivas”, orienta. 
Segundo a Dra. Anelisa, existem diversos tratamentos indicados de uso local, como soluções, cremes, sprays, e uso interno à base de princípios ativos como cetoconazol, itraconazol, fluconazol, terbinafina entre outros, mas só o médico saberá indicar o produto adequado para cada caso.“Qualquer micose pode se espalhar para outras áreas através de toalhas, mas não é muito frequente, pois muitos fungos têm preferências por determinadas áreas, como os pés e as virilhas. Não é recomendado compartilhar objetos pessoais e nem tomar banho descalço em locais públicos como clubes e academias”, finaliza. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA