Vila bem mais natural

0
1363

A Vila Madalena acaba de ganhar um novo recanto. Pensando no bem que uma alimentação vegetariana e equilibrada pode fazer para as pessoas, Iberê Canabrava e Danton Donato inauguraram o Banana Verde, um mix de loja e restaurante com o que há de melhor em produtos e comida natural.
O ambiente, projetado pela arquiteta Licia Rubim, é um convite ao prazer e ao descanso. Nota-se que tudo foi minuciosamente planejado pensando no respeito à natureza, desde a madeira – eucalipto – utilizada no telhado, por exemplo, até as plantas dispostas na entrada. “A proposta é criar um ambiente de valorização da vida natural”, diz Danton. Segundo ele, os produtos da loja são provenientes da zona cerealista de São Paulo, assim como os produtos usados no restaurante. “Temos também produtos de marcas famosas e produtos esotéricos, como velas, incensos, óleos para massagem, relaxamento, sabonetes, travesseiros aromáticos… Tudo que esteja ligado à vida natural”, acrescenta.
A preocupação com a alimentação saudável cresce a cada dia. Entretanto, segundo Danton, este é um setor ainda deficiente, pois a demanda é maior do que a oferta. “Existem várias casas nessa linha em São Paulo, mas mesmo assim não são suficientes para atender a procura. Já tive algumas casas noturnas e restaurantes e este segmento de alimentação natural cresce 30% ao ano. A nossa idéia é plantar esta primeira semente para descobrir, com a loja, os alimentos, como eles são feitos, o orgânico. Quem sabe Banana Verde vire uma marca”.
Depois de passar pela loja, chega-se ao restaurante. As delícias começam a ser servidas logo no café da manhã: pães caseiros integrais com ricota, acompanhados de frutas, iogurtes, granola, por exemplo. Para o almoço, salada ou sopa de entrada; legumes, verduras, massas ou risotos como prato principal. A tarde, a casa serve chá e lanches e, à noite, deliciosas pizzas. “Nossa comida é vegetariana e ovo-lacto-vegetariana”, lembra Iberê.
No restaurante o visitante poderá apreciar a exposição de fotos sobre a Amazônia, de Iatã Canabrava. “Fiz este trabalho há quatro anos. Inicialmente era para um cliente, mas o resultado foi muito acima de um trabalho comercial, podento ter continuidade. É uma oportunidade muito boa de mostrar este trabalho, não só pela referência do meu irmão, mas por ter tudo a ver com a proposta do lugar e com a arquitetura”. As fotos de Iatã ficarão permanentes no restaurante, que também abrirá espaço para outras exposições e manifestações culturais.
O Banana Verde abre de segunda a segunda, das 9 às 22h. Aproveite para conhecer e comer bem!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA