Casa Reviva, consumo com propósito

0
1146

Foto: GVM/Gerson Azevedo

GVM/Gerson Azevedo
Casa Reviva, de roupas a presentes para casa

GVM DEZ21

Organização Não Governamental Reviva desenvolve ações no Brasil e em Moçambique onde leva educação e geração de renda. Através de uma rede de lojas, consegue manter financeiramente esses projetos. Uma delas está na Vila Madalena.

Tudo começou com dois amigos, Bia Marcelino e Bruno Silvestre. Os dois queriam fazer algo que pudesse transformar de verdade a vida das pessoas. Em 2013, no início, “íamos de porta em porta pedir doações para pessoas em situação de rua em São Bernardo do Campo”. Em 2017, eles criaram um movimento de venda de camisetas que deu certo. Perceberam que com independência financeira poderiam fazer mais.

“Vendíamos as camisetas pelo Instagram e em pequenas feiras. Depois conseguimos um espaço no Shopping Golden Square e então percebemos que estávamos no caminho certo. Daí sentimos que precisávamos ampliar a linha de produtos e chegar a São Paulo e em 2018 abrimos a Casa Reviva na Rua Simão Álvares, na Vila Madalena”.

“A Casa Reviva”, explica Bruno, “trabalha com curadoria nacional de produtores, artistas e artesãos de todas as regiões do Brasil. Parte dos produtos da marca são compradas diretamente dos produtores e parte, em consignação”.

2112-Casa Reviva-GA (1)Segundo Bruno, “Temos compromisso com o social. Mantemos duas escolas. Uma, para 35 alunos fica no Jardim Gramacho, Rio de Janeiro, que durante anos foi o maior lixão da América Latina. A outra escola fica em Moçambique, onde desde 2014, atendemos 60 crianças e geramos 20 empregos diretos. Nas duas escolas, as crianças têm duas refeições diárias, banho, acesso à água potável, assistência psicológica e atividades esportivas”. A manutenção destas escolas é feita através dos resultados das lojas da Reviva que estão em São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Curitiba.

A Reviva também está presente em Alagoas, na Aldeia Kariri Xocó. Peças de decoração como cestarias produzidas por esta comunidade indígena estão à venda nas lojas da Reviva. “A ideia é ampliar o impacto para desenvolver a comunidade como um todo”, diz Bruno.

Expedições abertas a pessoas interessadas em fazer voluntariado onde a Reviva atua é uma oportunidade de vivenciar por um período de tempo a realidade das populações atendidas pela ONG. No site www.reviva.org é possível obter mais informações. A próxima expedição à Nampula, Moçambique, está programada para acontecer em outubro de 2022.

“Com a pandemia, a Reviva passou por dois fechamentos que nos trouxeram importantes aprendizados de gestão e ainda nos ensinam muito. Ensinam que empreender no Brasil, um país sem incentivo, com impostos altíssimos, você precisa de muita coragem e muita convicção. Queremos ser uma empresa inovadora, com DNA de impacto e que oferece sempre os melhores produtos aos nossos consumidores, ordenados pelo comércio justo”, comenta Bruno como a pandemia afetou a Reviva.

2112-Casa Reviva-GA (5)A Casa Reviva está na Vila Madalena desde dezembro de 2018, inicialmente na Rua Simão Álvares e agora na Inácio Pereira da Rocha, 404. Aqui, em uma loja bem montada e agradável, é possível encontrar uma grande variedade de produtos para uso pessoal ou para decoração. Tem roupas para homens e mulheres – vestidos, saias, camisas, camisetas, bermudas; itens de higiene pessoal como sabonetes, perfumes, objetos de decoração como as belas garrafas com flores secas; quadros com fotos, cerâmicas, cestarias, esculturas em ébano, bijuterias. (GA)

Casa Reviva, Rua Inácio Pereira da Rocha, 404, Telefone 95838-3152, casareviva.com.br, reviva.org.br
@ongreviva

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA