Histórias|contadas

0
901

Foto:

Kiara: contações com criatividade

As crianças e os adultos que assistem as contações de histórias feitas pela atriz Kiara Terra se deixam levar pela fantasia do texto e pelos apetrechos que utiliza nas apresentações.
Kiara, faz esse trabalho desde 1998, quando se formou na Escola de Teatro Célia Helena. Fez um teste para fazer contação de histórias para uma editora e não parou mais.
“Nem sabia o que iria fazer, fui fazendo as apresentações e institntivamente fui adicionando objetos comuns nas contações que fazia”, diz a atriz nascida em Higienópolis e moradora em uma vila de casas em uma travessa da Rua João Moura.
Mãe de Luiza, 7 anos, e Thereza, 3, Kiara é casada com o artista plástico Matheus Giavarotti. Sua criatividade vem do estímulo dos pais. “Meu padastro, que é uma mistura de Dom Quixote com o cantor Tom Zé, me ensinou a ver o mundo com outros olhos e brincar com ele pelas ruas da Vila Madalena”, conta ela.
Sempre pesquisa objetos que possam ter novos significados nas contações e, diz ela, “o público participa da história de forma interativa”.
Kiara também ministra curso para contadores. Educadores e até vendedores de uma livraria já tiveram aulas com ela. “Felizmente tenho bastante trabalho e estou com a minha agenda lotada até o final do ano”.
Seu público é bem variado. Lembra que muitos espectadores viraram amigos, e que tem adolescentes de hoje que assistem suas apresentações desde quando eram crianças.
Ela é autora do livro “A menina dos pais crianças” (Ática). É a história de uma menina que tinha pais diferentes. O pai treina para ser um dragão e a mãe tem poderes mágicos. “O livro mostra que todas as crianças têm um adulto dentro dela e todo adulto tem uma criança dentro de si”. E já tem material para mais quatro livros, avisa.
Para conhecer o trabalho de Kiara, vá domingo às 17h na Praça Victor Civita (Rua Sumidouro, 580), onde ela faz suas contações. Em outubro, ela e a atriz Elenira Peixoto estão fazendo uma temporada de mediações em obras de arte em que explicam a obra de Joseph Beuys, A Revolução Somos Nós, e na exposição cenográfica As Palavras e o Mundo, dias 23/10 e 13/11, aos sábados e domingos em cinco horários (11, 14, 15, 16 e 17h) no Sesc Pompeia (R. Clélia, 93).

kiaraterra@gmail.com
www.kiaraterra.blogspot.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA