Profissionais melhores

0
838

A busca do conhecimento é incessante. O ser humano está sempre em busca do seu aperfeiçoamento profissional, técnico. Nosso ensino superior, por exemplo, há muito deixa a desejar. Quem estuda sabe que uma formação complementar sempre ajuda na hora de mostrar o currículo. Pensando nos alunos que se formam ou nos profissionais que necessitam de atualização, a Ycon apostou em cursos livres para preencher essa lacuna.
A escola, comandada pelos irmãos publicitários Francisco Conrado P. Rebello e Eduardo Conrado P. Rebello, existe há sete anos e a partir de 2008 ampliou sua área de atuação, abrindo cursos nas áreas de Arte e Cultura, Comunicação, Design e Moda. “Nossa proposta é suprir a carência do mercado”, diz Francisco. “Minha estrutura é pequena, mas meus professores são de qualidade”, ele revela. São coordenadores e professores qualificados e de renome na área em que atuam.
O núcleo de Arte e Cultura é coordenado pela professora doutora Giselle Gubernikoff, cineasta, publicitária e fotógrafa, com uma atuação impressionante na área. Já o núcleo de Comunicação é coordenado pela professora doutora Sidinéia Gomes Freitas, nome de peso na área, autora de livros e artigos e ganhadora de alguns prêmios. E o núcleo de Moda tem à frente o professor Cyro del Nero, profundo conhecedor de história da moda e divulgador da moda brasileira aqui e no exterior. “Os professores serão pessoas do mercado, com currículos incríveis, e que vão passar um conteúdo para o aluno saber trabalhar”, garante Giselle.
Alguns cursos de Arte e Cultura são: Roteiro para Cinema (curso profissionalizante, com 200 horas), Produção no Cinema, Ateliê de Artes Plásticas, Arte Contemporânea: Território Livre. Em Comunicação, já tem agendado cursos de Marketing Pessoal e Fundamentos de Marketing, além de outros.
Francisco enfatiza que “tem várias escolas com cursos livres por aí, que focam na estrutura e pouco nos professores, mas com os profissionais que eu tenho, é difícil”. A Ycon ainda proporciona cursos customizados, para atender empresas ou um grupo de profissionais, e ‘in company’, ministrado para grupos fechados de profissionais de uma mesma empresa ou entidade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA