Os embalos dos baixinhos

0
911

Foto:

Os embalos dos baixinhos

Balada agora é coisa de criança. A novidade do momento é a Disco Baby.
Idealizada pelas mamães Claudia Assef, jornalista e DJ, e Tathiana Mansini, empresária e produtora de eventos, a festa nasceu com intuito de fazer com que pais e filhos se divertissem juntos no mesmo lugar, de forma saudável e com muita segurança. “Quem nunca viu uma criança se divertindo aos montes, dançando com seus familiares numa festa de casamento?! A Disco Baby chegou para resgatar esse momento, só que oferecendo infraestrutura totalmente adequada para receber bebês, crianças e pré-adolescentes e seus familiares. Estamos em nossa quarta edição e já vimos que tem muita gente interessada nesse tipo de entretenimento”, diz Claudia.
Crianças de cinco meses a dez anos, podem participar da festa, que acontece quinzenalmente, nos ambientes do Espaço Offset, casa noturna anexa ao restaurante Chácara Santa Cecília, na Vila Madalena. Mães, tios, avós, padrinhos e até pré-adolescentes podem acompanhar ou participar do evento, que toca diversos sons. 
DJ Marky, DJ Patife, Mau Mau, Camilo Rocha e outros são alguns que já tocaram na festa para os baixinhos. Aliás, o evento tem outras atrações, uma delas é o show circense, com mágicos, palhaços, malabaristas. Por outro lado, a área verde do restaurante Chácara Santa Cecília também proporciona brincadeiras, tanto que as idealizadoras criaram diversos outros passatempos com monitores para as crianças, entre eles o concurso de dança.A baladinha tem duas pistas de dança para curtição de idades diferentes. Uma das pistas é voltada para os bebês e crianças que estão começando a andar. Essa pista é feita de E.V.A, para evitar que eles se machuquem e possam se divertir bastante. Já a outra é para os maiorzinhos, e é igual a das outras “nights”.
A mamãe que levar seu filho para Disco Baby pode ficar tranquila. Por lá, tudo indica segurança. A balada é supervisionada pelo pediatra Sylvio Renan Monteiro de Barros, autor do livro “Seu Bebê Em Perguntas e Respostas” e do “Blog do Pediatra”, do UOL. Aliás, o médico orienta toda a equipe quanto ao volume das músicas, à regulagem do ar–condicionado e dos cuidados com a iluminação e não se esquece de verificar o cardápio e as bebidas servidas no evento. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA