Prédio da Vila ganha prêmio

0
1123

Foto:

O Oka terá apenas 8 apartamentos

O Edifício Oka, localizado na Vila Madalena, projeto do arquiteto Isay Weinfeld e incorporado pela Idea!Zarvos, cujas obras terão início em maio deste ano e entrega prevista para final de 2013, recebeu no mês passado o prêmio MIPIM AR Future Projects Awards da revista inglesa Architectural Review na categoria Residencial e foi eleito entre 143 projetos concorrentes de todo o mundo.
É a segunda vez que Isay Weinfeld recebe este mesmo prêmio. A primeira vez foi em 2009 pelo projeto do Edifício 360º no Alto da Lapa que será entregue no final deste ano e também tem a incorporação pela Idea!Zarvos.
Isay, além da arquitetura que lhe rendeu inúmeros prêmios, também foi professor de arquitetura em Teoria da Arquitetura no Mackenzie e de Expressão Cinética na FAAP. Como cenógrafo assinou a direção de arte de espetáculos de Ná Ozetti. Fez em parceria com o também arquiteto Márcio Kogan várias exposições, entre elas “Happyland vol. 2” no Museu da Casa Brasileira em 2004. Participou da Bienal de São Paulo em 2002. Em cinema, em 1984, foi premiado no Festival de Huelva, na Espanha e no Festival de Gramado com o curta-metragem “Idos com o vento…”. Em 1988, escreveu e dirigiu o longa “Fogo e Paixão”.
“Estamos todos muito felizes com a premiação. É por meio da parceria com arquitetos talentosos, como o Isay, que a Idea!Zarvos consegue incorporar na zona Oeste de São Paulo empreendimentos de alto padrão, com arquitetura de qualidade, transformando positivamente a paisagem paulistana e oferecendo projetos com soluções inteligentes, inseridos adequadamente no entorno com calçadas largas, pequenas praças públicas e lojas no térreo, preservando as características do bairro”, afirma Otávio Zarvos, fundador e dono da Idea!Zarvos, que tem sua sede na Vila Madalena.
O Oka, que será construído na Rua Senador César Lacerda Vergueiro, terá oito unidades residenciais com área variando entre 360m2 e 550m2. O projeto aproveita a topografia do terreno, que tem um grande desnível, em forma de “cascata”, ou oka (se pronuncia oká) em japonês.
Além de manter a característica mista do bairro, o projeto terá na parte de trás do edifício uma loja com entrada independente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA