Bloco desfila pela 32ª vez

0
766

Foto:

Quatro noites muito animadas

No ano de 1981, um grupo de amigos sempre se reunia em um bar da Praça dos Omaguás e resolveu criar um bloco de carnaval. O bloco, por sugestão de um deles ganhou o nome de Vai Quem Quer e naquele ano, saíram pelas ruas do bairro.
Agora o bloco que desfila nas quatro noites de carnaval se concentra a partir das 21h na Praça Benedito Calixto. Segundo Ana Luiza, uma das coordenadoras do bloco, “em 2011 levamos para as ruas cerca de 3 mil foliões. Neste ano, deve ser igual”.
Um dos fundadores e assíduo folião do bloco é Marcelo “Pato” Papaterra, artista plástico e professor de educação artística. “Não era para dar certo. A repressão corria solta e achávamos que sair pela rua desfilando sem autorização poderia nos causar problemas. Mas a repressão não veio  e no ano seguinte tinha mais gente”.
“O bloco surgiu porque queríamos brincar o carnaval sem as regras das escolas de samba e dos clubes daquela época”, lembra Pato.
“A velha guarda, na qual me incluo, não esperava esse tanto de gente de hoje. Confesso que tenho saudades do tempo que todo mundo conhecia quem desfilava. Mas hoje os jovens querem multidão e temos que aceitar essa evolução”, comenta Pato.
É ele quem cria a cada ano o Trem Alegórico. Trata-se de um pequeno veículo que leva a alegoria. Em 2012, o enredo é “O fim do mundo”, e os Quatro Cavaleiros do Apocalipse em papel machê. Para garantir as quatro noites, ele criou uma técnica que dá mais resistência à montagem. Ele, de chapéu e gravata, fica ao lado. “Ainda tenho pique para as quatro noites”, garante.
A bateria no início do bloco era formada por quem quisesse e se dispusesse a tocar. “Muitas vezes dependíamos do pessoal que sabia tocar para sair alguma coisa”. Em 1991, o grupo resolveu contratar a Charanga do Mojica, que continua saindo com o bloco, para tocar as marchinhas. “A gente estava mais velho e podíamos pagar o ‘investimento’”, diz Pato.
No começo, uma “vaquinha” entre os integrantes resolvia os problemas financeiros do bloco. Hoje, é preciso um esquema mais organizado e no último dia 4, aconteceu um baile pré-carnavalesco no Teatro Vento Forte para arrecadar dinheiro para o desfile deste ano.
Quem quiser se juntar ao bloco basta aparecer por volta das 21h na Praça Benedito Calixto em qualquer noite ou então em todas as quatro noites do carnaval e sair atrás do Vai Quem Quer.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA