Sushi vegetariano

0
625

O tradicional sushi, especialidade da cozinha japonesa, é feito à base de arroz temperado com uma mistura de vinagre e no qual podemos adicionar o peixe cru, moluscos e crustáceos, legumes variados e até ovo e enformado à mão. Antigamente, denominava-se sushi o método utilizado para conservar o peixe. Para durar mais, o pescado era salgado e conservado em camadas de arroz. Naturalmente e graças à fermentação, o sabor do pescado era enriquecido com um sabor ácido.
Com o passar do tempo a técnica deixou de ser apenas para conservar peixe e virou prato. Cada região do Japão tem uma maneira própria de preparar o seu sushi. As diferenças ficam por conta da maneira de ser feito e os ingredientes utilizados. Os primeiros sushis teriam surgido no início do século 19, elaborados com peixes e mariscos da Baía de Tóquio. Até hoje, o sushi enformado à mão é chamado de Edo-mae-sushi (Edo é o antigo nome da cidade de Tóquio). E cada um, de acordo com o acompanhamento do arroz, tem um nome específico.
O sushi é um prato com poucas calorias, em geral recheados com peixes como a cavala, a sardinha e o salmão, que é rico em Omega 3, eficazes na prevenção de doenças cardiovasculares e artrite. Além dos benefícios, são saborosos.
Essa especialidade japonesa chegou até nós com a imigração japonesa que neste ano, completa 100 anos. Antes restrita a alguns restaurantes da colônia, hoje, são inúmeras as casas com esta especialidade em São Paulo. Na Vila há bons endereços, como o Sushi da Vila, inaugurado em julho último. Wladimir Luizão é o dono e já tem alguns anos de experiência nesta especialidade gastronômica. Trabalhou em diversas casas do bairro e resolveu abrir o seu restaurante.
“Gosto muito do pessoal aqui da Vila Madalena”, afirma Luizão. “É um pessoal descolado e moderno e que gosta da culinária japonesa moderna que é a proposta do Sushi da Vila”. O restaurante comporta cerca de 50 pessoas e é o rodízio que faz sucesso. Mas especificamente os sushis vegetarianos que foram criados por Luizão para atender aos clientes que não consomem carne ou outro alimento derivado de animais. “Alguns clientes me pediam sushis sem nenhuma carne e foi daí que surgiu o sushi vegetariano”, conta Luizão.
Praticado desde muito tempo, o vegetarianismo pode estar ligado a princípios religiosos, étnicos, nutricionais e econômicos. Em geral, são pessoas que não consomem qualquer alimento de origem animal e os que se restringem a não comer a chamada carne vermelha, de vaca, de porco, de cabrito, de carneiro e de outros animais. A proteína necessária ao corpo é encontrada na ingestão de alimentos à base de soja entre outros.
O Sushi da Vila é um restaurante japonês com proposta moderna, que mantém os pratos típicos da especialidade e a tradição, mas também apresenta novidades, como é o caso do sushi vegetariano. Luizão criou várias sugestões desse tipo de sushi que estão incluídas no rodízio. Eles levam verduras, legumes, frutas em combinações que “agradaram em cheio”, afirma o proprietário. As entradas podem ser o gioza de legumes e o sunomono entre outros. Entre os quentes, tem o hot vila (massa folheada com shimeji de mussarela e frito); o temaki (cone de folha de alga recheado com pepino e manga ou com shimeji e sunomono batido que é um dos mais pedidos. É grande a variedade de sushis vegetarianos como os de acelga com pasta de azeitona ou o uramaki de cenoura, pepino e nabo ou então o de rúcula com tomate seco e molho de maracujá.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA