Domingo é dia de contos, sons e rabiscos

0
235

Com propostas de leituras e desenhos,  a  Biblioteca Villa-Lobos (BVL) é ponto de encontro da imaginação e criatividade, unindo a família no próximo domingo, 29/1. Nesse  espaço dentro do Parque Villa-Lobos, um dos  destaques é o  programa Lê no Ninho, às 11h, que proporciona uma experiência de interação com a leitura na primeira infância. Indicado para bebês e crianças de 6 meses a 4 anos, pais e/ou cuidadores, a atividade, com duração de 45 min., tem o objetivo de estimular o vínculo afetivo para estimular a leitura. Continuando no estímulo à leitura, para quem não perde uma contação de histórias acontece, às 16h, a Hora do Conto, com histórias da literatura infantojuvenil.

Já a Fábrica de Ruídos e Rabiscos Interativos, às 14h, é uma atividade composta de oficinas e vivências que combinam o potencial expressivo do som, do papel e a interatividade mágica e artística da tecnologia. Esses encontros, indicados para pessoas a partir de 5 anos, estimulam a mão na massa, a curiosidade e desmistificam conceitos intimidantes ou complexos do fazer tecnológico com uma abordagem lúdica e envolvente. Para participar dessas atividades gratuitas não é necessário inscrição.

Nos mesmos moldes que a Biblioteca de São Paulo (BSP), a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) é um modelo de biblioteca viva. Além de livros, caracteriza-se por ser um lugar de pessoas e um chamado à fruição de bons momentos. A BVL foi inaugurada em 2015 e é um exemplo de revitalização do espaço urbano: seu prédio foi construído na área do antigo depósito de resíduos da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (CEAGESP), na Av. Queiroz Filho, 1205 – Alto de Pinheiros.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA