As festas juninas e julinas voltaram!

0
1673

Foto: Redes Sociais

Redes Sociais
Quermesse da Igreja do Calvário é famosa na cidade

As festas juninas e julinas têm origem na Idade Média. Em junho, se comemora três santos populares católicos: Santo Antonio, dia 13, São João, dia 24 e São Pedro, dia 29. Na região da Vila Madalena e região temos uma animada programação. Confira.

Essa tradição chegou ao Brasil através dos portugueses no período colonial. Com o passar do tempo, elementos da cultura brasileira e de outros imigrantes foram incorporados aos festejos juninos.

Entre os símbolos a fogueira é o grande símbolo. Segundo historiadores sua origem vem da tradição pagã que celebra o solstício de verão, no hemisfério Norte. Aqui, no hemisfério Sul é razão aquecer o arraiá com muita música e danças típicas acontecem em volta da fogueira.

A pandemia do covid-19 não permitiu que as festas acontecessem nos anos de 2019 e 2020. Agora temos mais pessoas vacinadas e os festejos estão autorizados. Mas é bom lembrar que as autoridades sanitárias aconselham o uso de máscara e todos os cuidados possíveis em locais de grande aglomeração para o bem estar de todos.

Embora nossas festas juninas não tenham ainda o gigantismo das festas de Caruaru, PE, ou de Campina Grande, PB, mas a cada edição, a animação fica maior e quem gosta desta tradição está contando os minutos para curtir os arraiá da região.

Comidas típicas não podem faltar, não é mesmo? O milho e tudo o que pode ser produzido com ele tem cara de festa junina. Bolos, milho cozido, curau, pamonha, canjica, pipoca são alguns das delícias que levam milho. Mas também festa que se preze precisa ter pinhão, arroz doce, bom-bocado, cocada, pé-de-moleque, pinhão cozido, broa de fubá, batata doce. E tem espaço para os sanduíches de carne desfiada, cachorro-quente, calabresa e outras delícias. Para acompanhar, quentão, vinho quente, para aquecer os festeiros.

Aqui na zona Oeste, as quermesses tiveram início de junho e os festejos vão terminar em julho. Todos os arraiá terão barracas de doces e salgados típicos da época, assim como as brincadeiras e jogos (bingo, pescaria, quadrilhas e outras atividades) e shows musicais. Para muitas paróquias, o dinheiro arrecadado na quermesse será destinado para as ações às comunidades. São eventos familiares, sem restrição de público. Se puder, entre no clima e vá caracterizado assim como as crianças. Diversão garantida!

Escolha o seu arraiá na zona Oeste:

— Vila Madalena e Pinheiros

Arquivo/GVM
Paróquia Santa Maria Madalena

Paróquia Santa Maria Madalena e São Miguel Arcanjo, dias 18, 19, 25 e 26 de junho, das 18 às 22h. A paróquia foi inaugurada em 11 de maio de 1951 e o primeiro pároco foi o Pe. Olavo Pezzotti. O professor Joaquim Guedes é o autor do projeto arquitetônico da igreja que substituiu uma antiga capela. São 3.200 m² de terreno, além do templo, conta com salão. Os festejos juninos terão doces e comidas típicas, brincadeiras para as crianças e adultos. Rua Girassol, 795, Vila Madalena.

Paróquia São Paulo da Cruz (Igreja do Calvário), nos finais de semana até 3 de julho, a partir das 17h. Uma das mais famosas e concorridas quermesses da cidade. Em 2019, foram mais de 10 mil pessoas em cada um dos finais de semana. Shows musicais, barracas com comidas e doces típicos, brincadeiras, bingo e muita diversão. Ingressos a R$ 20 para adultos e R$ 10 para maiores de 60 anos e crianças até 10 anos e idosos com 80 anos ou mais, não pagam. A organização pede a doação de alimentos não perecíveis e agasalhos que serão encaminhados para as pessoas mais necessitadas. R. Cardeal Arcoverde, 950, Pinheiros.

— Lapa, Vila Romana, Vila Ipojuca, Vila Leopoldina

Dragões da Real, dias 25 de junho, 2, 9 e 16 de julho, das 17-23h, No dia 25 de junho, a escola de samba aproveita a festa junina para lançar o enredo do carnaval para 2023. Nesta data a entrada é livre sem cobrança de ingresso. Tudo o que uma festa junina-julina precisa ter ao ritmo de samba da melhor qualidade. Av. Emb. Macedo Soares, 1018, Vila Anastácio, tel. 3831-4002.

Botafogo Futebol Clube da Vila Leopoldina, dia 28 de junho, das 19 às 23h. Volta a acontecer o Arraiá do Botafogo depois de dois anos. Música, comidas e bebidas típicas, muita animação. Av. Imperatriz Leopoldina, Vila Leopoldina, tel. 95873-4064.

Paróquia São João Bosco, a festa acontece em dois finais de semana, 24/6 e 1/7, das 16h30-22h, entrada R$ 5. Depois de dois anos sem festa junina, a paróquia retoma a tradição junina. O evento terá barracas de comidas típicas, assim como barracas com jogos e brincadeiras da época e muita animação. Rua Pio XI, 1.380, Alto da Lapa.

Paróquia São João Maria Vianney, dois dias de animação: 25 e 26 de junho, das 10 às 22h. Terá bingo beneficente, comidas típicas, sanduíches de linguiça e pernil na chapa, brincadeiras para as crianças. Praça Cornélia, Lapa, tel. 3862-1616

Paróquia Nossa Senhora de Fátima, dias 2 e 3 de julho, das 17 às 22h, com entrada grátis. Barracas com as comidas típicas como sanduíche de linguiça, maçã do amor entre outras delícias. Brincadeiras para todas as idades e música típica. O dinheiro arrecadado será destinado às obras sociais da paróquia do padre Tarcísio. Rua Barão da Passagem 971, Vila Leopoldina, 3834-1532 e 99403-4775.

Paróquia Nossa Senhora da Lapa, dia 3 de julho das 11 às 18h, convite a R$ 20 por pessoa. Barracas com comidas típicas, brincadeiras e música. Rua Nossa Senhora da Lapa, 298, Lapa, tel. 3834-6630.

Paróquia São João Batista da Vila Ipojuca, dias 24, 25, 26 de junho e 2 e 3 de julho. Uma dos arraiá mais animado da região, os eventos tiveram início em junho em todos os finais de semana. Organização oferece barracas com comidas típicas (pamonha, curau, milho verde, sanduíches de linguiça ou pernil), brincadeira para as crianças (pescaria entre outros) e shows musicais. Rua Tonelero, 967, Vila Ipojuca, tel. 3865-1727.

Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, dias 25 e 26 de junho, das 18 às 22h, ingressos a R$ 5 por pessoa. A renda da festa junina, que começou no primeiro final de semana, terá a renda revertida para as obras sociais da paróquia. No cardápio: comidas e doces típicos, brincadeiras para as crianças, música e muita animação. Rua Brentano, 437, Vila Leopoldina, tel. 3834-5342.

Tendal da Lapa, dias 25 e 26 de junho, das 14 às 20h, com entrada gratuita. O espaço tradicional da Lapa dedicado à música e outros eventos terá um animado arraiá. A programação inclui shows de forró e outros estilos musicais, brincadeiras e chamegos. Rua Guaicurus, 1.100, Lapa, tel. 3862-1837.

— Perdizes, Pompeia, Água Branca e Barra Funda

Memorial da América Latina, dias 9 e 10 de julho, das 10 às 19h. O Arraiá no Memorial, com tudo o que tem direito é uma das festas mais tradicionais do Brasil. Terá barracas com churrasquinho, milho cozido, cachorro-quente, pamonha, canjica, churros, tapioca, pastel, doces cristalizados, maça do amor e muito mais. Além de bebidas típicas como vinho quente e quentão. Convidem os amigos e venham curtir conosco. Entrada Gratuita. Av. Mário de Andrade, 664, Metrô Palmeiras-Barra Funda.

Parque da Água Branca, dias 18, 19, 20, 21, 22, 23 de junho, das 10 às 19h. Duas festas acontecem juntas, a Festa Junina e Festa do Morango. O visitante terá à sua disposição diversas barracas de jogos e brincadeiras, de comidas típicas como quentão, milho verde, canjica, pinhão, sorvete e espeto de morango entre outras delícias. Av. Francisco Matarazzo, 455, Água Branca.

Paróquia N. Sra. de Fátima da Pompeia, dias 25, 26 de junho, 2 e 3 de julho, das 10 às 22h. A tradicional Festa Julina será no estacionamento da Faculdade São Camilo (Rua Raul Pompeia, 26 na Vila Pompeia), mesmo local onde a festa foi realizada nos últimos anos antes da pandemia. Muita comida gostosa, doces e salgados, vinho quente, quentão. Barracas de brincadeiras típicas e atrações musicais. A paróquia recebe na entrada da festa, doações de alimentos não perecíveis que serão encaminhadas para as famílias carentes cadastradas pela paróquia.

Paróquia N. Sra. Aparecida, dias 25 e 26 de junho e 2 e 3 de julho, a partir das 17h. Na programação completa com comidas típicas e brincadeiras para todas as famílias. Rua Félix Della Rosa, 524, Vila Anglo Brasileira. (GA)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA