Aumento de casos de Covid-19 altera os horários de funcionamento

0
1914

Ainda na fase amarela, e por conta do aumento de casos do novo coronavírus Covid-19, o Governo do Estado de São Paulo decidiu endurecer a flexibilidade.

As novas regras passam a valer a partir da madrugada deste sábado (12).

Teve crescimento de 26,9% em novos casos entre as semanas epidemiológicas 47ª e 49ª. O número de mortos, neste mesmo espaço de tempo, aumentou em 30,3% o número de mortos. Por outro lado, os hospitais particulares e públicos tiveram um aumento de 15,5% em internações.

Os bares e restaurantes estão com horários alterados. Os bares podem atender a clientela até às 20h e os restaurantes podem funcionar até às 22h mas só podem vender bebidas alcóolicas até às 20h. O mesmo respeito quanto ao horário de venda é obrigatório para lojas de conveniências.

O anúncio dessas medidas em relação ao Covid-19 foram anunciadas nesta sexta-feira (11) em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes pelo secretário da Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn que lidera o grupo de contingência do coronavírus.

Assim como as novas regras para funcionamento de bares e restaurantes, o governo anunciou que vai expandir de 10 para 12 horas o horário de funcionamento do comércio no estado. Agora, lojas e shoppings permanecem abertos até às 22h.

Com isso, o governo espera poder diminuir o número de pessoas infectadas e reduzir o número de pacientes que precisam de atendimento específico.

Segundo o secretário, “As medidas que foram tomadas, especialmente nos meses de outubro e novembro, seja na Europa, seja nos Estados Unidos, ocorreram quando o pico da pandemia estava bem acentuado nesses países, diferente da situação no país.” E segundo o secretário, os 8.500 leitos de UTI de todo o estado estarão integralmente voltados ao tratamento de pacientes com Covid. (GA)

Fontes – FSP, UOL

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA