Artista faz da rua|seu palco

0
1067

Foto:

Daniel e seus malabares

Assim que o semáforo fecha na esquinas da Henrique Schaumann com Rebouças ou na Joaquim Antunes com Rebouças, o jovem Daniel Eli, com seu cabelo rastafári, vai para a faixa de pedestres com suas claves de malabares ou então com uma bola de acrílico e faz uma rápida apresentação para os motoristas e passantes.
Daniel há cerca de três anos fez da rua o seu palco. “Estudei música – piano, violão e saxofone – mas quando descobri a arte circense, me identifiquei com ela e vivo me apresentando nos cruzamentos da cidade desde então”, resume Daniel.
Sua ligação com a arte se deu quando estagiava no Projeto Aprendiz. Quando saía do estágio, via os artistas de rua que se reúnem nas noites de segunda-feira. “Ficava encantado com a habilidade deles e depois de algumas semanas de observação, resolvi aprender algumas das técnicas”. Começou com as claves e passou para a bola de acrílico e outras técnicas. Depois de muito treino, partiu para rua. “É onde você realmente vê se seu trabalho é apreciado”, diz.
Morador da Vila Madalena, ele faz suas apresentações em cruzamentos na região. “Além da Rebouças, me apresento no cruzamento da Cristóvão de Burgos com a Heitor, próximo do metrô Vila Madalena”.
Para escolher em qual cruzamento vai se apresentar, ele leva em conta o tempo do semáforo. “Preciso de no mínimo dois minutos. Um minuto e meio me para a apresentação e depois passo o chapéu entre os motoristas”.
“Aceito qualquer valor, mas o que mais me chateia é quando o motorista finge falar ao celular ou então acha que o que eu quero é uma esmola. Por outro lado, uma buzinada e um tchau muitas vezes é mais compensador, principalmente das crianças”.
Quando chove as apresentações não acontecem. “Os dias de sol compensam os dias chuvosos, então tudo bem!” Ele também se apresenta em eventos e festas.
Então, quando você encontrar o Daniel ou outro dos seus colegas de arte de rua, lembre-se que a arte deles nestes breves minutos torna a vida na cidade mais amena e se você puder demonstre seu apoio mesmo que seja apenas com uma simpática buzinada!

COMPARTILHE
Artigo anteriorBeleza|íntima
Próximo artigoLavanderia top

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA