Verdadeiros italianos

0
629

Foto:

Verdadeiros italianos

O selo Ospitalità Italiana reconhece e valoriza a cultura gastronômica italiana e ajuda a promover as tradições de produtos agro-alimentares originais da Itália. Ele foi entregue a 29 restaurantes da cidade de São Paulo no último dia 14 de fevereiro. Três deles ficam na Vila Madalena: Spadaccino, Vinheria Percussi e Pasquale Cantina.
O selo foi criado em 1997 pela Unioncamera, União das Câmaras de Comércio Italianas pelo mundo, sob supervisão do Isnart, (Istituto Nazionale Ricerche Turistiche), Ministério do Turismo, Desenvolvimento Econômico e Relações Internacionais da Itália e tem o apoio de outras instituições. Ele existe para classificar restaurantes na Itália e no mundo que seguem as tradições daquele país. Em 2010, foram premiados 440 restaurantes de 45 países. A cidade de São Paulo tem 29 e um em Valinhos (SP).
“Nossa prioridade é zelar pela imagem dos restaurantes italianos no exterior, respeitando o padrão de qualidade da hospitalidade italiana. Nossa intenção não é avaliar a gastronomia dos restaurantes, mas sim a hospitalidade e a tradição italiana”, diz Erica Bernardini, diretora de Marketing da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, com sede em São Paulo. Foram pesquisados 75 restaurantes e apenas 30 chegaram ao final.
Todos os premiados têm em seu cardápio receitas italianas e usam ingredientes originais italianos. Os  cardápios têm a descrição do prato em italiano, as adegas contam com com 20% ou mais de vinhos italianos certificados de regiões produtoras, a decoração e o ambiente que remete à Itália, e a equipe ou parte dela deve ter domínio no idioma de Dant,e entre outros itens. Depois das entrevistas, os dados tabulados foram enviados para uma comissão na Itália que decidiu quem receberia o selo.

Os premiados da Vila

Para Pasquale Nigro, da Cantina Pasquale (R. Amália de Noronha, 167, tel. 3081-0333), “É ótimo! Nós fazemos uma cozinha da Puglia, sul da Itália, sempre usamos azeite, farinha e ingredientes de origem italiana. E nossa adega tem 80% de vinhos italianos”.
Lamberto Percussi, da Vinheria Percussi (R. Cônego Eugênio Leite, 523, tel. 3088-4920), diz que ficou “muito honrado pelo prêmio internacional. Além do reconhecimento do público, temos agora também do governo italiano. São 25 anos de uma culinária italiana inspirada na Toscana, no Piemonte, na Lombardia, sempre utilizando produtos italianos de qualidade como queijo, mussarela de búfala e vinhos”.
A chef Paula Lazzarini, do Spadaccino (R. Mourato Coelho, 1.267, tel. 3032-8605), tem cardápio inspirado na região Emilia-Romana e tem Bolonha como capital. “Foi gratificante porque é o reconhecimento do investimento e na aposta que fizemos em criar um restaurante íntegro, fiel e absolutamente italiano. Vai da decoração, passando pela ópera e ingredientes como o autêntico queijo parmesão e vinhos italianos, além de festivais que promovemos durante o ano”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA