O alegre traço de Fê

0
835

Foto:

O ilustrador Fê

Os leitores da coluna do jornalista José Simão, na Folha de S. Paulo, já estão acostumados com as ilustrações coloridas e divertidas do artista plástico e ilustrador Fernando Luiz, ou como ele assina, Fê.
Dono de um traço marcante, Fê tem uma história pessoal em que a Vila Madalena tem participação importante. Foi na Rua Fradique Coutinho, 995 aonde veio morar em 1991, recém-casado. Sob a jabuticabeira da Livraria da Vila, ele criou muitas das ilustrações que fez para muitos livros que ilustrou.
Fê sempre gostou de desenhar e era um ávido leitor de histórias em quadrinhos. “Lia Ziraldo, Mandrake, e tudo que caía na mão”, diz. Cursou arquitetura e por dois anos trabalhou com projetos e obras. “Mas eu queria desenhar”. Com a ajuda dos irmãos, ele resolveu encarar o novo ofício partindo do zero.
Fez diversos cursos de ilustração e desenhava espaços cênicos. O primeiro trabalho remunerado que fez foi ilustrar um livro de contos de Natal para a Editora Salesiana, em 1988.
Em 1990, a amiga e jornalista Sandra Peres o incentivou a se inscrever no concurso que a Folha de S. Paulo promove em busca de novos ilustradores e cartunistas. Ele fez uma tirinha chamada Objetos Urbanos. “Usava retícula e colagens. Os computadores ainda não estavam à disposição como hoje”. Entre 5 mil inscritos, foi um dos 15 escolhidos na primeira etapa. “Demoraram para me chamar. Aí, surgiu a oportunidade de fazer frila e depois um ilustrador foi para a Europa e virei frila-fixo”. Tempos depois começou a ilustrar os textos do José Simão e nunca mais parou.
Desde 2005, trocou São Paulo por Londres, onde mora atualmente. “Sou fã de punk-rock e da cultura britânica e, apesar dos atentados terroristas, em Londres me sinto mais seguro do que em São Paulo”.
Hoje, seu trabalho pode ser visto em dezenas de livros infantis, sua paixão. Em 2011, virá a São Paulo para lançar seu livro autoral. Mas antes de voltar à Londres, lançará neste mês um novo trabalho com a escritora Alice Ruiz, provavelmente na Livraria da Vila, da Fradique Coutinho, onde ele gosta de ir quando está por aqui.

www.flickr.com/photos/fernando_luiz_children_books_illustrato/

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA