Pernas à mostra

0
849

Estamos na época do ano em que a moda começa a ficar mais alegre, trazendo graça e fantasia em clima de verão. Observando-se as propostas dos estilistas, que puderam ser conferidas nos principais desfiles, esta é a temporada da simplicidade, das cores leves e dos modelos confortáveis.
A começar pelas cores. Marrocos e Índia serviram de inspiração, já que as cores apagadas ou empoeiradas fizeram com que as cores vibrantes, típicas de verão, fossem esquecidas. Mesmo quem apostou no romantismo ou no universo lúdico preferiu os tons pastéis para as coleções, onde os vestidos e saias são pontos fortes. Rodadas, na altura dos joelhos, em malha, com amarrações e cintura marcada por laços, confirmam o que foi moda na temporada de inverno, sob uma nova leitura. Há quem aposte nos vestidos de linho com renda que são a cara de Bahia. O tema foi trabalhado para homens e mulheres e cai bem no gosto e na temperatura local. As peças são esvoaçantes e cheias de volume no caimento de saias, vestidos ou no balonê de bermudinhas e minissaias.
Também é a temporada dos tomara-que-caia, em tops ou vestidos, que deixam o colo e costas à mostra. Os tops são decotados e com fendas profundas trabalhadas em plissados ou excesso de tecido. Quem gosta de detalhes pode usar boleros de crochê, outras grandes apostas para o verão. Apesar de o crochê pesar no visual, o estímulo é forte aos trabalhos artesanais, que também abriga o patchwork e os bordados.
Quanto às calças, elas podem ser largas, abrigos ou justinhas, que e combinam com tops de manga morcego acompanhados por bolerinhos leves e bordados.
A sensualidade exagerada deu lugar ao visual comportado e delicado do vintage. As batinhas continuam firmes e fortes no mesmo estilo de tons apagados e detalhes de pedrarias ou lantejoulas. E quem continua tendo seu espaço é o jeans, que ganha uma leitura sensual: vestido-bustiê justo, enquanto os vestidos de seda assumem volumes às vezes exagerados.
Todos esses modelitos podem ser encontrados na Carmella, uma ponta de estoque e brechó com peças atuais e descoladas; moda jovem e de muito bom gosto. Os preços também são bastante convidativos e, para complementar o visual, a loja tem uma sessão de bijuterias. Que mulher não gosta?
A loja abre de segunda a sexta-feira, das 10 às 19h, e aos sábados, das 10 às 15h.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA