Histórias de vidas

0
962

Kelly Monteiro
Quem passa pela praça Benedito Calixto encontra muitas curiosidades e lugares interessantes. É também na praça que se localiza o Espaço Cultural Alberico Rodrigues onde, além de poder tomar um cafezinho em meio aos livros, se pode conhecer o “pai” deste recanto especial: Alberico Rodrigues.
Foi com sua simpatia ímpar que o escritor, professor e contador de histórias recebeu amigos e convidados para prestigiar o lançamento, ou melhor, o “nascimento”, do seu mais novo xodó, o livro “A saga de um baiano na cidade de São Paulo”. O evento aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de novembro, quando também foram gravadas cenas para um documentário sobre a vida do professor.
Alberico é um escritor de fatos reais. Quem leu seu primeiro livro “Zé Batalha”, sabe bem como ele transforma a realidade em literatura. “Neste segundo livro, conto a saga do baiano que vem para São Paulo”, diz. O leitor mais atento vai perceber que é a saga do próprio Alberico. Nascido na fazendo Poço Redondo, no município de Nova Canaã, Comarca de Poções, na Bahia, ele deixou seu estado e sua casa quando tinha apenas 12 anos de idade. Conheceu mundo afora, mas foi por São Paulo que seu coração bateu mais forte. “Queria estudar, buscar um outro mundo e consegui. O livro reflete um pouco da história de todo jovem que vai para qualquer lugar do planeta com um ideal de vida. Lutei e hoje tenho um centro de cultura”.
Em “A saga de um baiano na cidade de São Paulo”, Alberico navega por universos enigmáticos e espirituais. O romance intriga já pela capa do livro, onde está estampada a imagem do Cristo Redentor. Segundo Alberico, a referência tem um grande significado para a trama. “Só adianto que ele é personagem da história e que ela termina no Rio de Janeiro, onde morei”.
Curioso? Bem, o livro já está à venda nas melhores livrarias e no Espaço Cultural Alberico Rodrigues. A passagem por lá é garantia de um bom papo além de muitas descobertas literárias.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA