Guri chega à Vila

0
745

O Projeto Guri acaba de chegar à Vila Madalena: o Pólo Olavo Pezzoti, criado para atender 30 jovens interessados em participar do curso de Canto Coral, entre outras atividades, será aberto ainda no mês de julho.
Desde 1995, o Projeto Guri promove a inclusão social e cultural de crianças e adolescentes de oito a 18 anos, desenvolvendo a sociabilidade e a auto-estima e transmitindo noções de cidadania, por meio do ensino coletivo da música, ampliando os benefícios da cultura, atingindo os mais diversos segmentos da sociedade. A maior missão do Projeto é resgatar, por meio do aprendizado musical, a cidadania de meninos e meninas oriundas de famílias de baixa renda, transformando a cultura e a arte em instrumento de inclusão social.

Resultados

Desde o início, a iniciativa teve excelentes resultados. No mesmo ano, os primeiros 180 alunos apresentaram concerto com repertório elaborado: Bachianas Brasileiras, Bolero de Ravel e Beethoven. Seis meses depois, o Guri já se transformara em referência no desenvolvimento da auto-estima de centenas de adolescentes. Foi quando o Projeto teve a iniciativa de implantar seu primeiro pólo na unidade do Complexo Tatuapé, da Fundação CASA. Em março de 1998, o Projeto implantou uma unidade no Pontal do Paranapanema.
Atualmente, o Projeto Guri conta com 384 pólos, sendo 49 instalados no Centro de Atendimento Sócio-Educativo ao Adolescente (Fundação Casa, antiga Febem). Aproximadamente 48 mil alunos participando das atividades.
O Projeto Guri disponibiliza, gratuitamente, cursos de violino, viola erudita, violoncelo, baixo acústico, violão, cavaquinho, viola caipira, percussão, saxofone, clarinete, flauta, trompete, trombone e canto coral. Aqui na Vila Madalena o primeiro curso oferecido pelo Projeto será o de Canto Coral. Os jovens interessados em participar podem se inscrever mediante a presença dos pais ou responsável e apresentação de RG ou Certidão de Nascimento, além de um comprovante de residência.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA