A craque Marta ganha biografia

0
1512

A jogadora de futebol Marta, que conquistou medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, ganhou também uma sensível e emocionante biografia feita pelo jornalista argentino Diego Graciano, morador da Vila Madalena desde 2003, quando veio com a esposa, de Buenos Aires. Diego trabalhou em diversos jornais e revistas cobrindo esportes.
Ele está adaptado à Vila. “Quando cheguei aqui na Vila, era bem mais tranqüila. Hoje, mesmo mais agitada, vou a pé em lugares como a Praça Benedito Calixto, à Saint Etienne, Livraria da Vila e outros lugares daqui”.
Mas como um argentino se interessou pela nossa Marta? Em 2004, pesquisando sobre futebol feminino no mundo não achou muita informação. “E a Marta já despontava como uma promessa do futebol feminino”. Através de um amigo, conheceu a jogadora no Rio de Janeiro e resolveu escrever a história dela e acaba de lançar o livro “Marta, você é Mulher!” (Editora All Print, 182 páginas).
No livro, Diego narra com sensibilidade a história de Marta Vieira da Silva, mulher, nordestina, nascida em Dois Riachos, interior de Alagoas, que sempre quis jogar futebol e apesar de dificuldades, venceu a discriminação e foi ao encontro de seu sonho. Foi eleita pela Fifa em 2006 e 2007 como a melhor jogadora de futebol feminino do mundo. O livro conta como foi esse caminho. Atualmente, hoje ela joga no Umea da Suécia.
Diego entrevistou Marta em sua cidade natal e em outros encontros. Conheceu toda a sua família, parentes e amigos de Dois Riachos. Falou com ex-técnicos, colegas de profissão, tanto no Brasil como no exterior. Há depoimentos de jogadoras como Mia Hamm e Zagallo, que ressaltam a categoria da craque brasileira e sua importância para o futebol feminino.
Diego levou quatro anos para concluir o livro. Dois anos de pesquisa e de entrevistas e mais dois anos escrevendo o texto. Esta primeira edição foi bancada por ele próprio e ainda não está sendo vendido nas livrarias. Mas Diego está negociando com outras editoras, uma nova edição com maior tiragem e espera que a biografia da nossa maior craque conquiste o mundo. Como a própria Marta fez!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA