Instituto Fazendo História ajuda crianças e adolescentes

0
428

Foto: Divulgação

Divulgação
A equipe do Instituto Fazendo História.

Criado em 2005 por um grupo de profissionais, o Instituto Fazendo História apoia o desenvolvimento de crianças e adolescentes e conquistou o reconhecimento da sociedade.

A Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) foi fundada por Claudia Vidigal, Clarissa Temer, Lola Knoplech Cuperman e Renata Marmelsztejn que são diretoras do Instituto e Isabel Penteado é a diretora executiva.

O Instituto Fazendo História busca contribuir, através de seus programas, para um melhor acolhimento institucional, tendo como missão colaborar com o desenvolvimento de crianças e adolescentes que estão nos serviços de acolhimento, a fim de fortalecê-los para que se apropriem e transformem suas histórias. Busca proporcionar às crianças e adolescentes, em seu período de acolhimento, relações afetivas e reparadoras que favoreçam a vida em família e junto à comunidade. O eixo história de vida sempre foi o condutor de seus trabalhos.

O programa Fazendo Minha História atua com histórias de livros e histórias de vida vinculadas à atuação de colaboradores da comunidade. As crianças atendidas também ganham e são incentivadas a produzir um livro de sua própria história. Com isto, além do orgulho e apropriação de sua história, a criança é convidada a criar a sua versão com relatos, fotos, depoimentos, entrevistas, desenhos e outros recursos.

IFH-Divulgação2Entre os programas desenvolvidos pelo Fazendo História, o Com Tato, dá atendimento psicoterapêutico a crianças e adolescentes com apoio de uma rede de psicólogos e supervisores clínicos. O programa Familias Acolhedoras, oferece serviço de acolhimento familiar para bebês de 0 a 3 anos; o Formação, trabalha com formação e capacitação junto aos gestores, educadores e equipe técnica dos serviços de acolhimento. O programa Grupo Nós, contribui para o desenvolvimento da autonomia de adolescentes que vivem em serviços de acolhimento e o Apadrinhamento Afetivo, propicia convivência familiar e comunitária a esses jovens com vínculos familiares fragilizados ou rompidos. O instituto também desenvolve programas em parcerias com outras organizações.

Para atuar em tantas frentes, o Fazendo História recebe ajuda de voluntários que recebem uma formação específica que acontece duas vezes ao ano. Em março, o IFH terá uma nova formação de voluntários para quem deseja atuar na zona Leste que é a região que mais carece de voluntários. Para se manter o IFH recebe recursos de leis de incentivo, doações livres, notas fiscais paulista, editais privados, crowdfunding e eventos. Quem quiser colaborar basta entrar em contato com a organização fazer doação a partir de R$ 30 ou de R$ 60.

A sede do IFH está localizado ao lado do metrô Vila Madalena o que facilita a vida de voluntários e parceiros. (GA)

Instituto Fazendo História, Rua Pedro Ortiz, 114, metrô Vila Madalena, Telefone 3021-9889, www.fazendohistoria.org.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA