A rotisseria Biku’s está de casa nova

0
5481
Tiago Gonçalves 1

A Biku’s, tradicional rotisseria localizada na Vila Beatriz, agora está de casa nova.

Tudo começou com os frangos e essa origem está no nome. Silvone Martins de Queiroz, dono da Biku’s desde 2003, conta. “O primeiro dono, vendia muitos frangos e na hora de dar o nome à casa, resolveu escrever bico de uma maneira diferente, daí surgiu o Biku’s”.

Silvone e a família estão à frente da rotisseria que fez fama na região com seus frangos assados e suas massas caseiras. E depois de 7 anos no mesmo endereço, surgiu a oportunidade de ocupar um imóvel com novo visual e mais espaçoso. “Mas sem perder a nossa característica e sem alterar o cardápio, pelo contrário”, garante Silvone, e avisa que “com os novos fornos que compramos teremos mais opções em matéria de carnes assadas”. No antigo endereço, agora virou fábrica de massas e cozinha.

bikus11-GV-JUL-TG
Silvone (esq) e família na inauguração das novas instalações da Biku’s (foto/Tiago Gonçalves)

Para Silvone, mineiro de Canápolis, cidade do Triângulo Mineiro e morador da Vila Madalena há quase 40 anos, a mudança aconteceu meio sem querer. Ele conta que “este imóvel, onde estamos agora, ficou fechado por vários anos. Um conhecido nos sugeriu que fizéssemos uma proposta de aluguel para a dona, mas eu não acreditava que ela aceitaria o valor que poderíamos pagar. Mas, felizmente, ela aceitou e depois de assinar o contrato de locação, foram dois meses de reforma”, conta ele. A resposta dos clientes ao novo espaço está sendo positiva.

Todo equipamento de balcão e forno estão estalando de novo, mas o cardápio garante Silvone, “continua com a mesma qualidade da qual não abrimos mão e é por isso que temos uma clientela fiel”. Para manter essa qualidade, o empresário afirma que faz questão de usar a melhor matéria-prima. “Usamos a melhor farinha, o melhor queijo em nossos pratos”, diz.

bikus novo04-GV-JUL-TG
Produção artesanal de molhos para acompanhar as massas (foto/Gerson Azevedo)

A linha de massas é bem variada com destaque para o nhoque de batata e de mandioquinha, além do rondelli, capeletti de carne ou de frango, das tortas (com seis tipos de recheios) e as quiches – de alho-porró, brócolis, espinafre, quatro queijos, tomate seco e cogumelos. O molho de tomate, de fabricação própria, é vendido em embalagens de 500 e 700 ml.

Nos finais de semana, os assados tradicionais – frango, costelinha suína, maminha e costela bovina – ganharão mais outras opções. “Os novos fornos que adquirimos permitem que possamos oferecer novidades e um número maior de assados, além dos que servimos tradicionalmente”, diz Silvone que promete novidades, para breve.

A feijoada em sistema de bufê continua sendo o prato mais procurado aos sábados. “Uma característica de nossa feijoada”, destaca Silvone, “é que só têm carnes nobres: paio, linguiça, carne seca… E os acompanhamentos tradicionais como arroz, farofa, couve refogada entre outros”.

Biku’s Rotisseria, Rua Miguel Rodrigues, 62, Vila Beatriz, Telefones 3031-6222 e 3813-0258, www.facebook.com/bikusequeirozpasta

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA