Os sabores alagoanos do Maria Preta

0
1055

Foto:

Fotos/Tiago Gonçalves

Novo bar traz novidades cardápio: sururu em casquinha e outros pratos com inspiração no nordeste brasileiro.

Além da cerveja gelada, item que não pode faltar em um bar, o novo Maria Preta Bar chega à Vila Madalena trazendo temperos e sabores que remetem ao Nordeste, terra natal dos sócios, o cearense Sandro Gomes e a alagoana Marcia Carneiro. “Nosso diferencial fica por conta dos pratos que servimos, que nos remetem às nossas origens”, informa Sandro.

Maria preta 01-GV-MAR-TG
Asinha de frango com molho verde.

A vinda para a Vila Madalena era um plano antigo, que foi possível de realizar recentemente. Para Sandro, “estar aqui no bairro é um desafio, mas essas primeiras semanas de funcionamento nos animaram bastante com a resposta dos nossos clientes”.

São três ambientes onde a clientela pode se instalar para beber e comer. Mesas e guarda-sóis logo na entrada, salão com mesas e, nos fundos, em uma área sombreada por uma frondosa árvore, mesas e um sofá para relaxar antes ou depois da refeição. Paredes com tijolo aparente e cartazes de cervejas completam a decoração.

Maria preta 04-GV-MAR-TG
Filé de tilápia com baião de dois.

Para iniciar, o cardápio oferece bolinhos fritos de arroz, isca de filé-mignon com molho da casa, asinhas de frango no avesso com molho verde, dadinhos de tapioca e a casquinha de sururu, “que chegam em remessas regulares, diretamente de Maceió”, explica Marcia. Aliás, o molusco que é conhecido naquela capital como Maria Preta é que deu o nome ao bar.

Entre os pratos, a sócia sugere a moqueca de sururu com arroz e farofa, “porção para duas pessoas”, garante. Escondidinho de carne-seca com mandioca e manteiga de garrafa, rabada com inhame e purê de abóbora, filé de tilápia com baião de dois, típico prato nordestino… E para completar o banquete, peça o doce de mamão verde com coco feito na casa.

Entre as bebidas, além das cervejas em garrafas de 600 ml ou long neck, os drinques clássicos como negroni, mojito e a caipirinha da casa, que leva kiwi, vodca e Yakult.

Maria preta04-GV-MAR-TG

Abre para almoço a partir das 12 até às 15h e happy hour a partir das 17h, de segunda a sexta. Nos finais de semana e feriados, das 12 à meia-noite, sem intervalo. Tem música ao vivo, com vários estilos, nos finais de semana.

Maria Preta Bar

Rua Fradique Coutinho, 842

Telefone 4324-5851

www.facebook.com/mariapretabar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA