Da Vila para o Caldeirão

0
737

Foto:

Bruna Cristina Silva, passista da Pérola Negra

Bruna Cristina Silva, passista da Pérola Negra, é eleita Musa do Carnaval de São Paulo 2014 no programa Caldeirão do Huck.

Nascida em Natal (RN) e criada em Recife (PE), Bruna, 20 anos, 1,70 m e 58 kg bem distribuídos pela elegante silhueta, concorreu com outras 12 representantes das escolas de samba do carnaval paulistano 2014.

“Foi um sonho que se tornou realidade”, conta ela sorrindo. Bruna chegou a São Paulo em 2012 e desde então mora na Rua Purpurina. Conheceu a Pérola Negra através de amigos da Vila Madalena, participa dos ensaios e desfilou este ano com a escola. “Foi uma pena o resultado, a escola estava muito linda e animada”, diz. 

“Quando surgiu o convite do programa, a diretoria da Pérola Negra me chamou e fiquei honrada e surpresa por ser escolhida, aceitei na hora representar a escola da Vila Madalena”. O concurso aconteceu em meados de fevereiro durante a gravação do programa Caldeirão do Huck, que foi ao ar no sábado de carnaval. “Fui tranquila, só queria representar bem a escola e me divertir. Quando fui escolhida como uma das finalistas, achei que estava indo além do esperado. Vencer o concurso foi muito importante e ainda estou anestesiada por conta do título”, conta ela, que até o início do ano trabalhava como garçonete em um restaurante da Vila Mariana e agora quer trabalhar com dança.

Para se manter em forma, a sorridente Bruna diz que além de samba, gosta de dançar frevo, ritmo que aprendeu em Recife, onde morou com a família. Completa a boa forma fazendo caminhadas pelas ruas da Vila Madalena com o namorado Alison, que é professor do Instituto Brincante. Ela garante: “como de tudo e não faço regime” e atribui à genética sua elegância, se referindo à mãe “que teve quatro filhos e tem um corpo assim como o meu”. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA