Só queijos nacionais

0
1482

Foto:

Queijos de várias partes do Brasil são vendidos na loja, além de outros alimentos orgânicos

E artesanais para você conhecer e se deliciar…

Na A Queijaria, tudo o que é vendido vem direto do produtor. Apreciador de queijo, o professor universitário Fernando Oliveira conheceu, na Serra da Canastra, em 2008, Zé Mario e a dura realidade de seu trabalho. Assim como outros produtores, ele recebia muito pouco pelos queijos que vendia. “Os produtores eram muito explorados, não eram valorizados nem um pouco, e realmente se pagava muito pouco pelo queijo. Por isso muita gente parou de fazê-los. Quando vi essa realidade, percebi que eles precisavam de apoio. Comecei a atuar como educador e desenvolver o aspecto de boas práticas e higiene”. O resultado é que no mesmo ano o queijo da Canastra virou Patrimônio Cultural Imaterial Nacional, título concedido pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, e foi considerado o melhor queijo artesanal do Brasil.

Paulistano de Perdizes, todas as vezes que Fernando voltava de Minas trazia tanto queijo para os familiares que certa vez chegou a colocar 80 unidades no porta-malas. Foi quando atinou que poderia também auxiliar nas vendas de Zé Mario e criou o site Alimento Sustentável, para a entrega do produto. “Depois que esse trabalho com o Zé Mario virou modelo, conheci outros produtores. No começo só vendia queijo. Depois passei a trabalhar com alimentos orgânicos e ampliei para outros produtores e produtos. Hoje, trabalho com pescador artesanal e apicultores também”.

Com o aumento da demanda, Fernando abriu, junto com o amigo Fabio D´Aprile, uma loja na Vila para a venda dos mesmos produtos que oferece no site, incluindo suco de amora ou de uva, geleia, mel e cachaças. “Antes não tínhamos quantidade de queijo para abrir um negócio. Hoje, nós até afinamos os queijos aqui”, conta. Tudo o que é vendido no local vem direto do produtor e muitas vezes são os donos da loja que viajam para trazer os alimentos. Além do Canastra, são vendidos queijos de várias partes do país. Fernando afirma que não há preconceito em relação ao produto brasileiro. “Muita gente que conhece os queijos importados quer comer o queijo brasileiro porque entende a qualidade dos queijos daqui”. Na lateral da geladeira, os proprietários afixaram uma relação de nomes de queijos pernambucanos fazendo uma equivalência com os importados mais conhecidos. Exemplos: o sabor do queijo Suape equivale ao emmental suíço; o mandacaru parece o camembert francês. E o Canastra? “O Canastra lembra o Canastra mesmo”.

A Queijaria
Rua Aspicuelta, 35
Telefone 3812-6449
De segunda a sexta, das 10 às 19h, e sábado, das 10 às 16h
www.alimentosustentavel.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA