Brincando e aprendendo

0
587

Foto:

Brincando e aprendendo

Uma das coisas mais gostosas da infância é brincar. Criança gosta de correr, pular, fingir ser dona de casa, princesa, guerreiro e muitas outras coisas. E que tal se, enquanto brincam e se divertem, seus filhos praticassem um segundo idioma?
Essa é a ideia do Kinderplay, criado por Daniela Grinberg, que acabou de inaugurar o espaço na Vila Madalena. Enquanto as crianças passam por diversas atividades, elas praticam o inglês.
“É realmente uma imersão. Em todas as brincadeiras, a gente sempre vai se referir às crianças em inglês, mas nunca vai existir uma obrigatoriedade para que a criança fale em inglês. Essa coisa da aquisição da linguagem vem naturalmente. A partir do momento que ela está brincando aqui, que ela se sente feliz, confortável, em um ambiente que foi todo preparado para ela, aí sim a aquisição da linguagem começa a acontecer”, ela explica.
Eles aceitam crianças de 1 a 10 anos. Para os pequenos de 1 a 2 anos, as turmas do Mommy & Me têm duração de uma hora e a criança precisa ir acompanhada de um membro da família. Durante as aulas, eles trabalham os laços afetivos e brincadeiras estimulantes com as crianças. Para crianças de 2 a 3 anos, as atividades são mais curtas e duram uma hora. A partir de 3 anos, elas ficam duas horas brincando. Elas podem ir uma ou duas vezes por semana e há turmas de manhã e a tarde.
As crianças passam 40 minutos em cada um dos três ambientes. O romper room é a sala da música e do movimento, com música, instrumentos, tendas, túneis, entre outras brincadeiras. O art room é um ateliê de artes, com muitas atividades e locais com atividades sensoriais, como mesa de areia e de água. E o fantasy room é a sala da fantasia, com casinha, supermercado, castelo, biblioteca, palco com fantasias para as crianças colocarem a criatividade em ação. Vale explicar que as crianças não precisam ter conhecimento prévio de inglês para participarem do Kinderplay.
“Quando a criança é pequena, ela está muito mais aberta para essa questão de um segundo idioma. Ela absorve muito rápido. E se você coloca de uma forma que seja natural, que seja uma imersão mesmo para ela dentro do que ela mais gosta de fazer, que é brincar, é tudo de bom”, diz Daniela, que morou muitos anos no exterior e fez vários cursos na área de educação. Uma novidade que certamente seus filhos irão adorar!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA