De volta às aulas

0
612

Últimos dias de férias! É tempo de matrícula, de carta do colégio avisando sobre o cronograma do ano novo; sem falar na preocupação dos pais com transporte e segurança do filho dentro e fora da escola. É! Não dá para esquecer que as aulas vão começar… E, com elas, também chegou a hora de comprar material escolar. Para as crianças, isso pode ser sinônimo de festa! Mas, para os pais, muitas vezes é motivo de preocupação, afinal, os preços não são nada animadores. Porém, se você quer tranqüilidade na hora dessas compras, além de preços acessíveis e com facilidade de pagamento, pode procurar a Papelaria do Tio.
Segundo a proprietária, Angelina Morais, o que difere a papelaria são os produtos “fashions”, ou seja, aqueles que compõem as linhas da Hello Kitty, do Batman, Bob Esponja, da Ferrari e do Keroppi, o famoso sapinho. “Geralmente, as meninas querem uma caneta ou um caderno mais incrementado, uma caneta diferente e com desenhos de personagens”, diz. Já os meninos, menos exigentes, preferem os motivos esportivos ou de carros, por exemplo, e de animais. Meninas ou meninos, o que eles querem é tudo novinho em folha para começar o ano letivo: cadernos, lápis, canetas, fichários, etc. Outra novidade da Papelaria do Tio são as linhas do Pequeno Príncipe e da Associação Rodrigo Mendes, uma organização não governamental. “As pessoas vêm procurar o diferente, mas também nos preparamos para atender as exigências das listas de material fornecidas pelas escolas. Todos os produtos são de qualidade”, observa Angelina.
Depois de comprar todo o material, o próximo passo é encontrar uma boa mochila, sempre coloridas e com os famosos personagens dos desenhos animados e filmes. É preciso observar a forma e o tipo de mochila, para que ela não acarrete problemas de postura na criança: a mochila ideal é simétrica, ou seja, tem alças para serem usadas nos dois braços e deve ter um encosto maleável. Além disso, ela não deve ultrapassar a linha da cintura para que coluna não seja sobrecarregada. Dizem alguns especialistas que a criança deve carregar 10% do seu peso. Porém, isso é relativo, pois depende do tempo e da distância que ela vai carregar seus materiais.
Além de todas essas questões práticas, também é hora de preparar o espírito da criançada, reordenando o horário de dormir, por exemplo, e lembrando que é tempo de estudar, o que exige disciplina e responsabilidade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA