40 anos de ensino

0
502

A EMEI Profª Zilda de Franceschi completou, em 2005, 40 anos de atividades. Durante este tempo, alguns fatos marcaram sua história e colaboraram para que se tornasse um ponto de referência em educação infantil na região.
A escola foi fundada em 25 de janeiro de 1965. Na época, se chamava Parque Infantil da Vila Madalena e tinha um perfil bem diferente do que é hoje. A atual coordenadora pedagógica, Marisete de Barros Nardone, conta que o espaço se destinava a atender crianças de até 12 anos de idade em horário alternado da escola tradicional. Música, artesanato e dança eram algumas das atividades desenvolvidas no, então, Parque Infantil da Vila Madalena. “O objetivo era preparar a criança para o ensino fundamental e colaborar na diminuição do número de repetência nas escolas. Não era apenas uma creche”.
Dada a ênfase educacional, o Parque Infantil da Vila Madalena se tornou Escola de Educação Infantil em 1975, atendendo crianças de três a seis anos de idade. Em março de 1977, com a morte da educadora, recreacionista e presidente da Comissão de Fiscalização de Convênios Culturais e Ensino da Secretaria de Educação, Zilda Gambagorte de Franceschi, a EMEI passou a adotar o mesmo nome.
De lá para cá, muita coisa mudou. A EMEI Profª Zilda de Franceschi não é apenas um espaço assistencial e preparatório. Seu projeto político pedagógico tem como filosofia a “Ética e Cidadania em Busca da Unidade na Diversidade”. “Entendemos que a alfabetização é um processo. As crianças recebem estímulos para formalizarem a linguagem escrita, mas estamos centrados na formação de valores com foco na relação entre todos os envolvidos”, diz a coordenadora, explicando que os valores priorizados na EMEI são: respeito, trabalho em equipe, crescimento pessoal, honestidade e prazer.

Reformas

A mudança na EMEI também pode ser percebida fisicamente. Em 2000, as reformas que ampliaram o prédio foram concluídas, atendendo uma antiga reivindicação de pais e funcionários. A fachada ganhou uma aparência mais alegre, com os mosaicos do Projeto Cem Muros, uma parceria com a Cidade Escola Aprendiz.

Projeto

Para comemorar quatro décadas formando e educando as crianças da Vila Madalena e bairros vizinhos, Marisete revela que a escola junto dos alunos de arquitetura da FAU/USP está em fase de capitação de recursos para um projeto participativo para reformulação de uma área livre de cerca de 1800m². “A idéia é aproveitar melhor este espaço, de forma que integre o trabalho desenvolvido em sala de aula e ao mesmo tempo a comunidade possa usufruir de alguma maneira”.
Enquanto isso, a EMEI Profª Zilda de Franceschi se prepara para as comemorações de 40º aniversário prevista para acontecer dia 2 de julho. “Gostaríamos de fazer um grande encontro com alunos e ex-alunos”, sugere, finalizando.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA