Inglês para crianças

0
752

Kelly Monteiro

As crianças pequenas têm uma extraordinária capacidade de aprendizado. Desde os primeiros anos de vida elas assimilam o que vêem, o que escutam, as sensações e as percepções sobre o mundo que as cerca. E já que neste mundo elas irão precisar, em seu futuro, saber mais de um idioma, seja profissionalmente, para conhecerem outras culturas ou mesmo para o lazer, o melhor a fazer é coloca-las em contato com outras línguas, principalmente o inglês, o mais cedo possível.
Segundo Claudia Calmon, diretora proprietária da Play’scool, escola de educação infantil bilíngüe (inglês e português), a criança que cresce em contato com mais de um idioma consegue acomodar as informações no cérebro, identificando as diferentes línguas aprendidas. “Até os quatro anos de idade a criança está na fase chamada de janela das oportunidades. Ela está aberta para receber e acumular informações”, diz. Ou seja, o aprendizado da língua inglesa não prejudica a alfabetização em português.
A escola visa a preparação da criança para o ensino fundamental através do seu desenvolvimento integral. As atividades propostas são elaboradas de modo que elas sejam estimuladas a pesquisar, interagir e questionar, trocando experiências. E isso pode começar com os bebês de apenas oito meses, através da participação nos grupos de estimulação, onde são realizadas atividades com músicas e instrumentos, exploração de ambiente, atividades de coordenação motora, tátil e visual, entre outras.
Porém, tudo isso é feito depois que a criança está adaptada, tanto às pessoas quanto ao novo ambiente. A língua inglesa vai sendo introduzida aos poucos e, sem que a criança perceba, já consegue se comunicar. O aprendizado do inglês acontece de forma natural e gradativa.
As matrículas na Play’scool já estão abertas. Garanta a vaga do seu filho para o ano letivo de 2005. A escola está à disposição para os pais que quiserem conhecer o espaço.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA