Cultivando o verde

0
1175

O Projeto Cultivar é uma iniciativa da Associação dos Moradores e Comerciantes da Vila Madalena (AVM) que parte de uma visão sócio-ambiental, cultural, urbanística e paisagística de revalorização do bairro. Em parceria com a ONG Cidade Escola Aprendiz, o Projeto Cultivar tem como objetivo, a longo prazo, a formação, conscientização e capacitação profissional de jovens, tornando cada um deles um agente transformador e multiplicador dos cuidados com o meio ambiente.
Dentre os projetos que o “Cultivar” pretende desenvolver, trabalhando sempre que possível com mão-de-obra de jovens do bairro, na área de urbanismo e paisagismo, o coordenador do Projeto Cultivar, Marco Spivack, destaca que, mediante a autorização e apoio da Subprefeitura de Pinheiros, a Praça João Francisco Lisboa foi a área verde eleita para ser o piloto do projeto, considerando que seu entorno é bastante representativo para o bairro com residências, comércio e prestadores de serviços bem diversificados. Para que comece o trabalho, no entanto, é necessário o levantamento completo das características e da situação atual da praça como as condições das calçadas, espaços públicos e seus equipamentos, a vegetação (tipo, condições, tamanho…), a situação de limpeza (lixo e dejetos de animais) entre outros itens, principalmente, as expectativas e necessidades dos moradores. “Todas as quartas-feiras, das 8 às 9h, estamos reunidos na praça para realizarmos a coleta dos dados, assim como nos apresentar à comunidade”.
Embora conte com alguns voluntários no projeto, Spivack destaca a necessidade de um profissional que se encarregue de fazer o levantamento topográfico da área, assim como patrocinadores. “Projetos como o “Cultivar”, focados na valorização do ser humano e na qualidade ambiental são cada vez mais necessários, bem vistos e apoiados pela sociedade. E já fazem parte das estratégias de marketing das empresas realmente conscientes de sua decisiva responsabilidade na preservação ambiental e desenvolvimento do País. Certamente o Projeto Cultivar, atrairá a atenção de empresas interessadas em vincular sua marca a um projeto de valor social e ecológico, associando modernidade, comprometimento e responsabilidade à sua imagem”, acredita. “Esperamos que este piloto seja o cartão de visitas para o Projeto Cultivar e venha beneficiar jovens e a comunidade em geral”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA