Leitura compartilhada

0
316

Foto: Gerson Azevedo

Gerson Azevedo
Jéssica Carvalho, coordena o Clube da Vila

Clubes de leitura reúnem leitores que comentam e analisam nuances e suas impressões sobre um determinado livro. É uma forma de estímulo à leitura e aproximar pessoas.

O conceito não é novo, mas tem se propagado entre nós. Um desses grupos de leitura, Clube da Vila, foi criado em maio de 2016. Os encontros acontecem uma vez por mês, segunda-feira, a partir das 20h e duram cerca de 1h30. O próximo encontro será no dia 14 de maio – o livro ainda não foi escolhido –, no auditório da Livraria da Vila da Fradique Coutinho.

Divulgação

Manual da Faxineira foi o livro de janeiro.

A coordenadora do grupo é Jéssica Carvalho, historiadora formada pela PUC-SP e leitora habitual e tem um blog sobre o tema – www.extraliterario.com.br. Através desta página, Jéssica é consultada por amigos e seguidores da página para que indique livros para leitura. “Faço isso com prazer”, afirma.

Para ela, livros sempre fizeram parte de sua vida. “Adoro ler e além de coordenar este clube de leitura na Livraria da Vila, também participo de outros encontros”, informa. O grupo que ela coordena na Vila Madalena reúne de oito a dez pessoas por encontro. São pessoas que vêm de vários bairros de São Paulo. “Tem poucas pessoas da Vila Madalena”, informa.

Divulgação
Enclausurado foi o livro de fevereiro.

A escolha do livro que será o tema do Clube da Vila não segue regra fixa. Jéssica particularmente tem preferência por temas ligados ao feminismo. “Não há livros proibidos, nem preferências por autores ou temas”.

Ela conta que na mais recente, em 9 de abril, o grupo de leitores analisou o livro Canção de Ninar (Tusqtes), de Leïla Slimani, escritora e jornalista franco-marroquina se destacou nos últimos anos, o livro foi traduzido em vários idiomas e foi agraciado em 2016 com o Prêmio Goncourt pelo romance. A autora estará na próxima edição da Flip – Feira Literária de Paraty e provavelmente será uma das atrações do evento.

Jéssica explica que nos encontros do Clube da Vila, todos os aspectos do livro são analisados pelos participantes. “Desde o estilo literário, como as características dos personagens e os aspectos que cada leitor destacou na leitura”.

Divulgação
Quarenta Dias, de Maria Valéria Resende, foi o livro de março.

Não há, afirma Jéssica, nenhum acordo comercial com editoras ou a livraria. “Definido o livro do mês, a Livraria da Vila oferece um desconto de 20% no exemplar para quem informar que é do Clube da Vila. Editoras já enviaram exemplares para serem sorteados entre os participantes dos encontros”.

O evento é aberto a qualquer pessoa e é gratuito. Basta ler o livro sugerido e participar do evento.

Entre os livros que o Clube da Vila leu e serviram de análise estão o romance  Quarenta Dias, de Maria Valéria Resende, livro premiado com o Prêmio Jabuti de 2015. Outro romance, Enclausurado, de Ian McEwan foi o livro escolhido em fevereiro e Manual de Faxineira, de Lucia Berlin, no mês de janeiro.

Além do Clube da Vila, na Livraria da Vila da Fradique Coutinho, acontecem outros encontros de leitores com semelhanças nas regras. Tem o Clube do Livro Velho Graça, o Clube do Livro de Harry Potter, coordenado por Beatriz Masson e Luiz Felipe Baute e o Leituras Compartilhadas, de Rafael Kalebe e Juliana Leuenroth. (GA)

www.facebook.com/literatura.clubedavila

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA