Paulo Mathias: “Quero ser diferente”

0
292

Foto: Tiago Gonçalves

Tiago Gonçalves
O prefeito regional de Pinheiros em seu gabinete

Paulo Mathias, prefeito regional de Pinheiros, faz um balanço de seu trabalho, de como será o carnaval, entre outros temas.

Nomeado pelo prefeito João Doria, Paulo Mathias tem 26 anos e é o mais jovem entre os 32 colegas de cargo. Ele administra uma área de 31,7 km² que compreende além de Pinheiros, Alto de Pinheiros, Itaim Bibi e Jardim Paulista. São cerca de 277 mil habitantes neste rico pedaço da capital com IDH 0,967, um dos mais altos da cidade. Além do prefeito, o presidente Michel Temer também mora por aqui.

Paulo Mathias-Pref.Reg (14)

Em seu gabinete em Pinheiros, Paulo tem pelas mesas, revistas onde João Doria é capa e emoldurou a reportagem que a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, fez sobre Paulo, em julho, onde o apresentou como Aprendiz de Doria. Na sala de espera de seu gabinete, uma pá niquelada e um capacete descansam sobre um armário.

Na política desde os 17 anos, Paulo é formado em gestão pública pela Uninove. Cursou direito por três anos na PUC-SP, “mas não era a minha praia”. É presidente da juventude estadual do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Em 2014 tentou uma vaga na Assembleia Estadual e teve 27.303 votos, insuficientes para assumir uma cadeira. “Foi uma experiência interessante”, diz e perguntado se pretende se candidatar novamente, diz “Tenho vontade de servir, mas não sei se será em 2018”.

Paulo morou com os pais no Jardim América, “perto da casa do João (Doria)”, até meados de 2016. “Agora moro em um apartamento de 40 m² no Itaim Bibi”.

Paulo Mathias-Pref.Reg (10)

Sobre a Vila Madalena diz que “é uma região complexa e atrai muitos visitantes da cidade e de fora”. Lembra que famosos como o pessoal das bandas U2 e Rollings Stones, fizeram questão de ir ao Beco do Batman. “É uma atração da cidade!”.

Paulo nestes dez meses de zeladoria destaca que “Conseguimos uma parceria com a iniciativa privada em praças e avenidas da região. Reduzimos gastos e mordomias na prefeitura regional. Acabamos com o carro oficial com motorista 24 horas, não só para o prefeito como para alguns cargos. Uso meu próprio carro e a equipe, quando precisa, usa os táxis da 99, empresa que ganhou a licitação. No primeiro mês, economizamos R$ 25 mil. Com medidas simples, como apagar as luzes durante a madrugada e eliminar os vazamentos reduzimos os gastos com luz e água. Como fazemos em nossas casas”, lembra.

Faz blitz nos finais de semana pela região. Paulo deu o nome de “prefeito na madrugada” a essa ação. Ele e fiscais fiscalizam bares e pontos de conflitos que moradores postam em seu facebook ou através do celular 99224-9477 “que é pago por mim”, faz questão de informar. O trânsito é um problema das ruas da Vila Madalena que deverá ser melhorado no início de 2018. “Juntos com a CET e moradores da Vila, teremos alterações no trânsito de algumas ruas, como a Aspicuelta que deverá ficar com direção única”. Rotatórias floridas é outro ponto de sua administração. Das 28 entregues pela prefeitura regional de Pinheiros, uma fica no cruzamento da Mourato Coelho com a Lacerda Franco. “Além de melhorar o tráfego, servem para embelezar o bairro”, diz.

Paulo posta videos e fotos em suas contas no Facebook e WhatsApp de suas andanças pela região. “Antes de assumir a administração de Pinheiros eu tinha 3 mil seguidores no Facebook. Hoje, são mais de 40 mil. Senti que precisa fazer algo diferente. Através das redes sociais, podemos mostrar a população o que estamos fazendo e gerando confiança. Recebo demandas, elogios e críticas. Procuro responder a quase todas as mensagens, as que ofendem eu desconsidero”.

O carnaval de 2018 deverá ser mais organizado do que foi em 2017, promete Paulo. “Sou favorável e defensor que só os blocos tradicionais do bairro, que reúnem de 500 a 3 mil pessoas desfilem pelas ruas da Vila. Vamos combater os rolêzinhos, os pancadões e vendedores ambulantes não cadastrados como fizemos neste ano. Junto com secretarias da prefeitura, Polícia Militar, CET e associação de moradores. O promotor Ricardo Cesar Martins do Ministério Público nos elogiou publicamente. Vamos buscar o aperfeiçoamento e já conversamos com os blocos. Os grandes blocos vão desfilar na Avenida 23 de Maio que tem infraestrutura para eles e não incomoda moradores e comerciantes”, diz.

Entendido como prestígio pelo trabalho desenvolvido, o prefeito o nomeou coordenador de um grupo de prefeitos regionais (Lapa, Butantã, Vila Mariana, Jabaquara e Pinheiros). Paulo informa que “o João (Doria) nos pediu que tivéssemos uma maior cooperação entre as prefeituras regionais, principalmente na zeladoria das praças, ruas e trocássemos experiências”. O novo secretário das prefeituras regionais, Claudio Carvalho, deverá afinar essa sintonia entre eles.

Com um orçamento menor em 2018, de R$ 41 milhões em 2017, para R$ 36.696.931,00 (redução de 12%). Paulo Mathias não achou maravilhoso o corte no oraçamento. Segundo ele, “a divisão deveria levar em conta as necessidades de cada região. Aqui em Pinheiros temos mais de 80 mil árvores, então deveríamos ter mais dinheiro para esse serviço”, exemplifica. Mas se diz preparado para a nova realidade financeira da prefeitura regional que comanda.

Paulo, relaxa tocando bateria e fazendo churrasco para os amigos, além de torcer pelo Corinthians.

www.facebook.com/pages/Prefeitura-Regional-de-Pinheiroswww.facebook.com/paulomathias

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA