Site cultural aniversaria

0
965

Foto:

Site cultural aniversaria

O VilaMundo, site de jornalismo acaba de comemorar seu primeiro aniversário. Idealizado a partir da exposição fotográfica VilaMundo do jovem fotógrafo Drago – que foi colaborador do Guia da Vila Madalena – em parceria com o repórter Gabriel Dimenstein, fotografou vários moradores da Vila Madalena. Drago clicou moradores, trabalhadores e artistas, célebres e anônimos, que representam a diversidade cultural do bairro.
Segundo a editora do site, Isabelle Claudel, “O site surgiu para agremiar e divulgar as experiências culturais e discutir aqui na Vila Madalena o papel que a cultura tem de mobilizar, provocar e reformular permanentemente as relações entre as pessoas e seu meio”.
O site reúne as mais variadas informações sobre os acontecimentos culturais que a Vila Madalena abriga. Sejam eventos gratuitos como os pagos. “Listamos o que acontece por aqui e em especial o que é grátis. Queremos dar uma opção de lazer para quem visita nosso site. Queremos através de matérias, contar as histórias dos moradores Da Vila Madalena”, afirma ela. “Nosso sonho é integrar os movimentos que acontecem no bairro com quem tem potencial educativo. Seja através de um movimento cultural ou da história de um morador do bairro”.
A festa do VilaMundo aconteceu no dia 25 de maio no Teatro da Vila. Além de apresentações do grupo Curimba, pastoras do Grêmio Recreativo de Resistência Kolombolo Diá Piratininga, a noite terminou com uma apresentação muito animada do grupo Sandália de Prata que apresentou no palco do Teatro da Vila, seu repertório de samba-rock, gafieira e soul.
Além das apresentações musicais, foram promovidos dois debates. O primeiro reuniu Baixo Ribeiro, fundador e curador da Galeria Choque Cultural, Pasquale Nigro, fundador e membro da ala dos compositores da Escola de Samba Pérola Negra e de Gabriel Pinheiro, criador do Centro Cultural b_arco que debateram o tema “A cultura no território: identidades, vocações e sujeitos.
O segundo debate que teve como título “Ocupação, apropriação e transformação do território: a experiência dos coletivos de artistas na Vila Madalena”, com Muari Vieira e Leonardo Costa, fundadores do Movimento Combio de Cordas, Rodrigo Araújo, do coletivo Bijari e Du Circo, integrante do coletivo circense Circo do Beco. (GA)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA